Campo Grande •22 de Fevereiro de 2018  • Ano 7
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full Banner Águas Guariroba - Campanha Águas Faz Mais

Da redação | Terça, 4 de Julho de 2017 - 13h49Município sugere incorporar 15% de gratificações ao salário base dos médicosMedida não causará impacto na folha de pagamento, segundo a prefeitura

(Foto: Divulgação/Prefeitura de Campo Grande.)

Representantes dos médicos, enfermeiros e odontólogos se reuniram na noite desta segunda-feira,  3 de julho, com o prefeito Marquinhos Trad para mais uma rodada de negociação. Conforme a proposta apresentada nesta noite, as três categorias terão 15% de gratificações incorporados ao salário base. A medida não causará impacto na folha de pagamento.

O secretário de Finanças e Planejamento, Pedro Pedrossian Neto, explica que tal medida é possível mediante a redução no número de plantões, principalmente no período de 00h às 06h, e que eventualmente não iriam trazer prejuízos no atendimento à população, haja vista que nestes horários o fluxo de pacientes é menor se comparado com o período diurno, pro exemplo.

“Nós procuramos tratar essa discussão de maneira isonômica buscando o melhor caminho para todos. Entendemos que garantindo a incorporação de 50% de algumas rubricas que hoje compõem o vencimento dos servidores, não teremos impacto na massa salarial da prefeitura. Dessa forma nós conseguimos melhorar o vencimento base do trabalhador com impacto zero aos cofres da prefeitura”, disse.

Conforme o secretário, no caso dos médicos, a proposta de reajuste no salário base de 15.58% aumentaria o salário base de R$2.516,72 para R$2.908,82, por um período de 20 horas semanais.

Quanto a enfermagem, seria incorporado 50% do abono da referência 14, o que representa um aumento de R$ 17.25% no salário base, passando de R$ 2.067,30 para R$ 2.423,90.

Já na odontologia seria incorporado ao menos 50% do adicional de desempenho, o que representaria um aumento de 15.58%.

“A proposta tem o mérito de dar mais conforto e segurança ao trabalhador por que o salário base é irredutível constitucionalmente, ou seja, ele terá a garantia jurídica de que ele não irá perder estes benefícios”, pondera.

O secretário avaliou a reunião como positiva e agora aguarda uma posição por parte das categorias para definir os próximos rumos da negociação.

“Eu creio que estamos muito próximos de um acordo que vai pacificar as três categorias e garantir o melhor atendimento à saúde do campo-grandense”, finalizou.

Veja Também
Quinta, 22 de Fevereiro de 2018 - 12h38Na BR-163/MS, obras da CCR MSVia operam em pare-e-siga Em caso de chuvas as obras poderão ser suspensas, retornando tão logo elas cessem
Quinta, 22 de Fevereiro de 2018 - 09h25Sesc Saúde Mulher já fez mais de 5 mil atendimentos Ações são em parceria com as prefeituras de Estado
Quinta, 22 de Fevereiro de 2018 - 06h31Capital segue sem previsão chuvas Possibilidade de ocorrência de chuvas fica para a tarde de domingo
Audiência Pública no dia 16 vai discutir problemas nas obras da BR-163
PMA de Bonito resgata 25 ribeirinhos durante trabalhos
Ação em Três Lagoas contará com diversos serviços
STJ vai soltar Wesley Batista e mantém Joesley preso
Por conta da chuva, JBS solta 406 bois e abate quatro animais
Procon Estadual fiscaliza feira em centro de exposições na Capital
Grandes nomes do empreendedorismo feminino virão à Capital
Square notícias UCI 2018
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
Rec banner - Patio central
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2018 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento