Menu
19 de novembro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Morte a esclarecer

Mulher morre após passar mal em tabacaria

Larissa Carla Martinelli, de 31 anos, sofria de pressão alta; Samu tentou reanimá-la sem sucesso

13 Jul2019Da redação17h02

Larissa Carla Martinelli, de 31 anos, morreu após passar mal em uma tabacaria, localizada na Rua Brasil, em Campo Grande, na madrugada deste sábado, 13 de Julho. A vítima consumia cervejas e fumava narguilé quando desmaiou, segundo relato de uma amiga. Ela sofria de pressão alta e tomava medicamentos para controlar a doença.

Conforme a amiga que acompanhava Larissa, em dado momento a vítima encostou a cabeça em seu obra e disse: “Acho que vou cair, estou tonta”, avisou desmaiando em seguida. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e tentou reanimar a vítima sem sucesso.

Ainda de acordo com a amiga, Larissa já tinha apresentado sintomas semelhantes em outras situações, mas voltava a ficar bem em questão de minutos.

A mãe de Larissa afirmou à polícia que a filha tinha feito exames de saúde há cerca de 15 dias e que nada de errado foi constatado.

O corpo foi levado para o Instituto de Medicina e Odontologia Legal (Imol) para exame necroscópico. O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do Centro como morte a esclarecer.

Veja Também

Depac Piratininga passa a atender no prédio do Cepol
Polícia Militar Ambiental autua assentados por criação de gado em área protegida
Governo declara situação de emergência em Porto Murtinho
Black Friday até em academia
Prefeitura deve multar consórcio Guaicurus
Terça-feira com máxima de 34°C
Rua 14 de Julho recebe acabamento para inauguração
Selo Arte abre horizonte de oportunidades em MS, diz Reinaldo Azambuja
Renovação de matrículas em Três Lagoas começa nesta terça-feira
Fim de semana teve duas mortes por afogamento na Capital