Campo Grande •23 de Agosto de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner ÁGUAS GUARIROBA - Aniversário de Campo Grande

Da redação | Quinta, 13 de Abril de 2017 - 10h10MS registra o melhor resultado nas exportações de carne bovina desde 2014Estado exportou, em março deste ano, 11,8 mil toneladas, maior resultado registrado desde outubro de 2014

(Foto: Divulgação)

Apesar da atual conjuntura preocupante na pecuária de corte brasileira, Mato Grosso do Sul vem registrando números favoráveis nas vendas internacionais de carne bovina in natura. De acordo com os números da Secex – Secretaria de Comércio Exterior, apurados pela equipe do Departamento de Economia do Sistema Famasul, o Estado exportou, em março deste ano, 11,8 mil toneladas, o maior resultado registrado desde outubro de 2014.

Além disso, a receita com as vendas atingiu aproximadamente US$ 49 milhões no período analisado, com preço médio de US$ 4.142 a tonelada. Mais do que aumentar as exportações, Mato Grosso do Sul se consolidou e conquistou países exigentes como os Estados Unidos.

As primeiras vendas aos americanos aconteceram em setembro de 2016, quando foram negociadas 127 toneladas de carne bovina in natura. Em sete meses, as comercializações alavancaram, subindo 770%, contabilizando em março deste ano, mais de 1,1 mil toneladas vendidas.

 “Os Estados Unidos são uma referência em exigência sanitária e, por isso, apesar de ser um volume ainda pequeno, esta negociação representa uma vitrine para a carne produzida em Mato Grosso do Sul, ainda mais no atual patamar do setor”, reforça a  importância do presidente do Sistema Famasul, Mauricio Saito.

Com o avanço nas vendas, Estados Unidos ocupa, atualmente, a sexta posição no ranking nacional de exportações. Segundo os números da Secex, a receita das vendas externas de carne bovina in natura acumulou, em março, US$ 4,6 milhões. Cada tonelada foi vendida a uma média de US$ 4.139.

 “É importante observamos que a tonelada registrou, em um curto espaço de tempo, um incremento de 4,7%. Este resultado é a comprovação do trabalho desenvolvido pelo produtor rural ao longo dos anos, que investiu em tecnologia e em gestão, se profissionalizando”, afirmou Adriana Mascarenhas, gestora do departamento econômico do Sistema Famasul, destacando também: “O produtor vê hoje sua propriedade como uma empresa”.

O setor pecuário brasileiro vivenciou em março deste ano um dos mais tensos capítulos, quando uma operação de rotina deflagrada pela Polícia Federal abalou o mercado pecuário e fechou, mesmo que temporariamente, as portas para países importadores deste segmento pecuário.

Sobre o Sistema Famasul – O Sistema Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS) é um conjunto de entidades que dão suporte para o desenvolvimento sustentável do agronegócio e representam os interesses dos produtores rurais de Mato Grosso do Sul. É formado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Fundação Educacional para o Desenvolvimento Rural (Funar), Associação dos Produtores de Soja (Aprosoja/MS) e pelos sindicatos rurais do Estado.

O Sistema Famasul é uma das 27 entidades sindicais que integram a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Como representante do homem do campo, põe seu corpo técnico a serviço da competitividade da agropecuária, da segurança jurídica e da valorização do homem do campo. O produtor rural sustenta a cadeia do agronegócio, respondendo diretamente por 17% do PIB sul-mato-grossense.

Veja Também
Abertas inscrições para oficinas aquáticas gratuitas na Capital
Corumbá, Coxim e Dourados recebem ‘Cassems Itinerante’ no sábado
Itaquiraí realizará festival de pesca de 11 a 15 de outubro
Quarta, 23 de Agosto de 2017 - 12h06Indústria de árvores plantadas ajuda a reduzir efeito estufa, mostra relatório Plantio de árvores absorve gás carbônico (CO2), que é um dos gases de efeito estufa, e libera oxigênio (O2), essencial para...
Quarta, 23 de Agosto de 2017 - 11h30Prazo de adesão ao novo Refis deve ficar para fim de outubro, diz Meirelles Ministro da Fazenda disse que governo apresentou proposta aos parlamentares e já recebeu uma contraproposta
PMA aplica R$ 1,2 milhão em multas
Quarta, 23 de Agosto de 2017 - 09h45Obras interditam trecho da Brilhante até a Ciríaco Maymone Opção dos motoristas que estiverem na Brilhante é uma quadra antes
Lacen implanta novo exame para diagnosticar febre amarela com maior rapidez
Conheça os vencedores da 1ª edição do Festival da Canção da Uems
Cirurgia aneurisma cerebral menos invasiva
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
DothNews
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento