Menu
19 de julho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Super Banner Campo Grande Expo
Antivírus

MP pede prisão de ex-chefe do Detran e mais nove

Gerson Claro, Ary Rigo, empresários e servidores são alvos do pedido de prisão

7 Dez2017Da redação17h50

O Ministério Público Estadual (MPE) pediu a prisão do ex-diretor-presidente do Detran, Gerson Claro Dino, do ex-deputado estadual Ary Rigo e de outros oito investigados na Operação Antivírus, do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) na Operação Antivírus, entre empresários e servidores públicos.

Deflagrada em 29 de agosto, a operação levou para cadeia a cúpula administrativo do Detran suspeitos de esquema de corrupção envolvendo empresas que prestavam serviços para o órgão de trânsito. Todos foram liberados pouco depois das prisões mediante habeas corpus, mas continuaram respondendo o processo.

Na avaliação dos promotores do MPE, há provas da participação dos investigados em crimes com pena superior a quatro anos, o que justifica o pedido de prisão preventiva. A Justiça ainda não se manifestou. Os investigados são acusados de crimes de como corrupção ativa e passiva, fraude em licitação, peculato, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

Além de Gerson Claro e Rigo, também foram denunciados e tiveram as prisões pedidas os empresários Jonas Schimidt das Neves, Suely Aparecida Carrilhos de Almoas Ferreira, José do Patrocínio Filho, Fernando Roger Daga, José Sérgio de Paiva Junior e Claudinei Martins Rômulo.

Também são alvos de pedido de prisão os servidores públicos Luiz Alberto Oliveira Azevedo, Parajara Moraes Alves Junior.

As investigações começaram em 2015 com objetivo de avaliar contratos celebrados entre empresas da área de tecnologia da informação/informática e o Poder Público Estadual.

 

Veja Também

Poder Público ocupará vagões na Orla Ferroviária
MPE tenta garantir a proteção do idoso no momento da internação
Acadêmicos da UFMS devem se cadastrar para passe do estudante a partir do dia 20
Fazendeiro é multado em R$ 47 mil por desmatamento
Ministro da Segurança anuncia Fronteira Segura
Brasil tem 677 casos de sarampo confirmados, diz Ministério da Saúde
Morte Garoto de 12 morre em acidente Carro da família colidiu de frente com ônibus
Campo Grande terá 36° de calor
Pacientes do SUS vão receber notificações de consulta pelo celular
Projeto proíbe descrição indevida do leite em embalagens de alimentos