Campo Grande •27 de Abril de 2017  • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da redação | Segunda, 17 de Outubro de 2016 - 16h39Em protesto, moradores cobram construção de casasSalários dos trabalhadores estão atrasados; prefeitura diz ter pago Ong corretamente

  
(Foto: Divulgação)
  • (Foto: Divulgação)
  • (Foto: Divulgação)
  • (Foto: Divulgação)

Moradores do Loteamento Bom Retiro, na região da Vila Nasser, em Campo Grande, realizaram protestos nesta segunda-feira, 17 de outubro, fechando ruas da localidade com uso de móveis, pedaços de pau e faixas. As famílias que foram removidas da antiga favela Cidade de Deus, no Bairro Dom Antônio, cobram a construção das residências, cujas obras estariam paralisadas. Pedreiros e serventes não recebem salários há dois meses. Além disso, faltam materiais de construção para trabalhar.

A ONG Morhar Organização Social responsável pelo repasse dos materiais de construção e pelo pagamento dos funcionários, disse ao encarregado da obra que iria nesta segunda-feira, dia 17, ao local para pagar os trabalhadores, mas não compareceu e nem atende o telefone celular.

Conforme informações de moradores de comunidade, eles já vem adiando o encontro há duas semanas. Ainda de acordo com as informações a ONG Morhar, teria recebido cerca de 3,5 milhões  da Prefeitura de Campo Grande, para a construção das casas e o pagamento dos trabalhadores.

Conforme os trabalhadores, a situação está complicada. “Temos família e crianças pequenas, para sustentar”, desabafou um deles. Recentemente, a ONG teria alegado que o atraso do pagamento se devia à greve dos bancos. 

A prefeitura de Campo Grande informou que está em dia com os compromissos que mantém com a ONG Morhar. "A prefeitura não tem nenhum vínculo empregatício com as pessoas que atuam na construção das casas. O convênio entre a PMCG e a ong Morhar é para construção de 300 casas por meio do programa de  mutirão assistido. Até o momento, e administração municipal está em dia com os compromissos que mantém com a entidade", disse o poder público municipal em nota encaminhada ao Diário Digital.

 

Veja Também
Manifestação pública em Dourados será às 15h na área central
Prefeitura prepara retomada de drenagem na Cidade Morena
Uber deverá pagar R$ 0,10 por km rodado na Capital
Dentistas avaliam alunos da escola pública para tratamento gratuito
Quinta, 27 de Abril de 2017 - 12h20​CCR MSVia implanta pare-e-siga na BR-163/MS Todos os locais estão sinalizados
Quinta, 27 de Abril de 2017 - 11h44TCU vai analisar possíveis irregularidades em negócios do BNDES com a JBS Cada ação valia R$ 7,65, mas o BNDES pagou R$ 8,15 por cada papel
Bairros de Campo Grande vão receber atendimento móvel com dicas para quem deseja empreender
MS é o único estado do Brasil que gerou saldo positivo de empregos no último ano
Governo lança licitações de R$ 25,7 mi e MS-450 será contemplada com pavimentação
Quinta, 27 de Abril de 2017 - 08h50Roubo de celulares com seguro aumenta de 60% entre 2015 e 2016 Celulares e smartphones são um fenômeno mundial e constituem patrimônio de alto risco
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
DothShop
Rec banner - cirurgia.net
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento