Campo Grande •20 de Setembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
ALMS - Gestão para Pessoas

Agência Brasil | Terça, 29 de Agosto de 2017 - 20h00Míssil lançado pela Coreia do Norte era de médio alcance, diz EUAEsse foi o 13º lançamento de um míssil balístico por parte de Pyongyang este ano

(Foto: Reprodução/Internet)

O míssil que a Coreia do Norte disparou ontem sobre o Japão era de médio alcance e não ameaçou o território dos Estados Unidos, garantiu nesta terça-feira (29) o Pentágono em um comunicado. A informação é da EFE.

"A avaliação inicial indica o lançamento de um míssil balístico de categoria intermediária (...) que [segundo] o Comando de Defesa Aeroespacial dos EUA não representou uma ameaça para a América do Norte", disse a nota, que detalhou ainda que o míssil tampouco pôs em perigo à ilha de Guam.

Esse foi o 13º lançamento de um míssil balístico por parte de Pyongyang este ano, disparado das proximidades da capital norte-coreana, e o primeiro desde 2009 que sobrevoou Japão, após o que percorreu uma distância superior a 2.700 quilômetros e caiu no mar a cerca de 1.180 quilômetros do Cabo de Erimo, no extremo nordeste do arquipélago japonês.

O novo teste aconteceu depois que Pyongyang ter lançado, no sábado, três projéteis balísticos de curto alcance nas águas do mar do Japão, e após testar, no mês passado, dois mísseis balísticos intercontinentais.

A embaixadora dos EUA na ONU, Nikki Haley, classificou hoje como "inaceitável" o novo teste balístico da Coreia do Norte. "Acredito que algo sério tem que acontecer. Já é suficiente", disse Haley aos repórteres, pouco antes de participar de uma reunião do Conselho de Segurança sobre as missões de paz da ONU.

Opções sobre a mesa - As taxativas declarações de Haley se unem à firme reação do presidente dos EUA, Donald Trump, que não descartou hoje nenhum tipo de resposta a Pyongyang e afirmou que "todas as opções estão sobre a mesa".

"O mundo recebeu [de formaalta e clara a recente mensagem da Coreia do Norte: este regime mostrou seu desprezo pelos seus vizinhos, por todos os membros das Nações Unidas e por normas mínimas de comportamento internacional aceitável", lamentou Trump em um comunicado.

Ontem à noite, Coreia do Sul, EUA e Japão pediram a realização de uma reunião de urgência do Conselho de Segurança da ONU, prevista para ser realizada ainda hoje.

Veja Também
Quarta, 20 de Setembro de 2017 - 06h31Temperatura pode chegar a 35° Névoa seca deve predominar durante todo o dia
Paciente que ficou nu recebeu atendimento, diz Sesau
Pelo menos 49 pessoas morreram em terremoto no México, dizem autoridades
Agentes penitenciários vão parar por 24h em MS
Audiência nesta quarta debate a situação dos idosos na Capital
Rede de lojas distribuirá cinco mil mudas de árvores
Papai Noel dos Correios vai atender 7 mil alunos na Capital
Forte terremoto atinge a capital mexicana
Ganhador da Mega-Sena de MS ainda não retirou prêmio
Correios podem paralisar nesta quarta
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
DothNews
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento