Campo Grande • 05 de dezembro de 2016 • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da redação | terça, 11 de outubro de 2016 - 17h59Meninos poderão ser vacinados contra HPV a partir de 2017Vacina será de duas doses com seis meses de intervalo entre elas

Vacina será aplicada em meninos de 12 e 13 anos.
Vacina será aplicada em meninos de 12 e 13 anos. (Foto: Portal Brasil)

O Brasil será o sétimo país do mundo a oferecer a vacina contra o HPV para meninos em programas nacionais de imunizações.

A partir de janeiro de 2017, o Ministério da Saúde passa a disponibilizar a vacina contra o HPV para meninos de 12 a 13 anos na rotina do Calendário Nacional de Vacinação do Sistema Único de Saúde (SUS). A faixa etária será ampliada, gradativamente, até 2020, quando serão incluídos os meninos com 9 anos até 13 anos.

“A inclusão dos adolescentes faz parte de um conjunto de ações integradas que o Ministério da Saúde tem realizado com o objetivo de conseguir mais resultados com os recursos financeiros já disponíveis”, destacou o ministro da Saúde, Ricardo Barros.

A expectativa é imunizar mais de 3,6 milhões de meninos em 2017, além de 99,5 mil crianças e jovens de 9 a 26 anos vivendo com HIV/Aids, que também passarão a receber as doses. Para isso, o Ministério da Saúde está adquirindo seis milhões de doses, ao custo de R$ 288,4 milhões.

Não haverá custos extras para a pasta, já que, neste ano, com a redução de três para duas doses no esquema vacinal das meninas, o quantitativo previsto foi mantido, possibilitando a vacinação dos meninos.

Para o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Adeilson Cavalcante, essa ação mostra a importância do Calendário Nacional de Vacinação para reduzir as doenças imunopreveníveis.

"A ampliação do acesso à vacinação, que é uma ação da atenção básica, pode impactar na alta complexidade, com a redução dos casos de câncer. Além disso, essa estratégia vem ao encontro da decisão de tornar a gestão mais eficiente e fazer mais com os mesmos recursos", ressaltou.

O esquema vacinal para os meninos contra HPV será de duas doses, com seis meses de intervalo entre elas. Para os que vivem com HIV, a faixa etária é mais ampla (9 a 26 anos) e o esquema vacinal é de três doses (intervalo de 0, 2 e 6 meses). No caso dos portadores de HIV, é necessário apresentar prescrição médica.

Veja Também
HU-UFGD alerta para novo golpe contra pacientes e familiares
Condenada, Elize Matsunaga pode ir para o semiaberto em 2018
Raio atinge avião de Xuxa que faz pouso de emergência
MP do Brasil atuará na investigação do acidente da Chapecoense
Judiciário de MS terá expediente normal no dia 8 de dezembro
Empregados em lotéricas receberão piso de R$ 1.012,00
Acadêmicos doam 2,5 mil fraldas para Santa Casa
segunda, 05 de dezembro de 2016 - 12h05CCR MSVia informa obras e serviços de melhoria na BR-163/MS Em caso de chuva, as obras poderão ser interrompidas
segunda, 05 de dezembro de 2016 - 11h47Ipea: país também precisa de reformas microeconômicas Reformas fiscais e redução da taxa de juros não são suficientes para retomada consistente do crescimento da economia, segundo Ipea
segunda, 05 de dezembro de 2016 - 11h29PF faz buscas na casa de ministro do TCU e de ex-presidente da Câmara Operação Deflexão cumpre nove mandados expedidos pelo ministro Teori Zavascki
square noticias uci
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
DothNews
Rec banner - cirurgia.net
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2016 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento