Menu
21 de maio de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega banner ALMS - AUDIÊNCIA PÚBLICA
Picada de escorpião

Menina de 10 anos morre após ser picada por escorpião

Criança recebeu atendimento, mas faleceu 3 horas depois

10 Out2016Mariel Coelho, em colaboração ao Diário Digital15h30

Jhenifer Kamily Garutti de 10 anos morreu, na noite de domingo, dia 9, no Hospital de Auxiliadora de Três Lagoas, após ser picada por um escorpião. O caso aconteceu em Brasilândia, cidade distante 65 quilômetros de Três Lagoas.

A criança deu entrada no Hospital Júlio Cesar Paulino Maia por volta das 19h54 com dores fortes, após ter sido ferroada pelo escorpião.

A médica responsável pelo plantão solicitou a transferência da criança com urgência para o Hospital de Auxiliadora, devido a possíveis complicações que a picada do animal poderia provocar.

Conforme o site Hoje Mais, Jhenifer recebeu soro antiescorpiônico e ficou internada na sala de urgência. No entanto, mesmo após ser medicado, o quadro da criança piorou e ela veio a falecer por volta de 22 h.

O corpo da menina foi levado para a cidade de Brasilândia onde está sendo velado. No sábado (8) Jhenifer Kamily, realizou seu grande sonho de estrear nas passarelas, ela participou do desfile de moda do 2º Brasilândia Fashion Associação Recreativa União.  

A menina era parente da atual primeira-dama de Brasilândia, Léia Diogo, esposa de Jorge Justino Diogo.

Em nota o divulgada à imprensa, o Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, de Três Lagoas, informou que a criança deu entrada no hospital no domingo (9) vítima de picada de animais peçonhentos. "Foi solicitada vaga zero, não liberada pela central de regulação do Estado, mesmo assim ela veio ao Auxiliadora em estado grave, com insuficiência respiratória grave, agitada e consciente e prontamente foi atendida pela equipe médica de plantão".

Na nota, consta ainda que a menina foi encaminhada com urgência para sala de emergência, "atendendo o protocolo de atendimento de animais peçonhentos. Tentaram várias o Protocolo RCP – Atendimento da Parada Cardiorrespiratória. Não evoluindo, foi a óbito às 23h43".

(Com informações do site de notícias Hoje Mais)

Veja Também