Menu
24 de abril de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Saúde

Maternidade pede doações de potes de vidro

Recipientes serão usados para armazenar leite no banco do estabelecimento de saúde da Capital

3 Abr2019Valdelice Bonifácio14h00
(Foto: Marco Miatelo)
  • Enfermeira Alexandra Camargo, uma das responsáveis pela campanha
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)

A Maternidade Cândido Mariano, em Campo Grande, está pedindo doações de potes de vidros. Os recipientes serão usados para armazenar o leite no banco do estabelecimento de saúde. A campanha chamada de "Desafio dos 50 Dias" tem como meta angariar 600 frascos até 19 de Maio, quando se celebra o Dia Mundial de Doação de Leite Humano.

Conforme a enfermeira Alexandra Camargo, uma das responsáveis pelo desafio, o vidro é o material ideal por conta de resistência. O leite precisa ser congelado e descongelado em banho-maria. Além disso, o vidro evita contaminações. "Podem ser doados potes de palmito, azeitona, café, Nescafé, maionese, conservas de doces e outros com tampas de plástico ou metal", explica.

Ainda de acordo com a enfermeira, no  Dia Mundial de Doação de Leite Humano, as mães se mobilizam em grande número para a doação e, por isso, o estabelecimento precisa ter número suficiente de recipientes até lá. Contudo, os frascos também são bem-vindos para atender a demanda diária da maternidade.

Neste mês de Abril, o banco conta com 95 doadoras cadastradas. Graças a estas doadoras, o banco está com estoques em níveis ideais para alimentar os recém-nascidos prematuros da maternidade. 

A campanha começou internamente e depois a maternidade decidiu abrir para contribuições da sociedade. Quem quiser doar pode levar os recipientes ao estabelecimento ou simplesmente telefonar e avisar que tem o pote disponível em casa e aguardar a equipe da maternidade passar para recolher.

Serviço - Os interessados podem entrar em contato pelos  telefones 67 3041-4735 ou 67 3042-9994 ou levar os frascos de vidro na  maternidade, na R. Mal. Candido Mariano Rondon, 2644, Centro.

Veja Também

Sri Lanka declara estado de emergência
Plataforma para combater violência doméstica é lançada na Câmara
Vale Universidade Indígena abre período de inscrição na próxima semana
Sanesul e Águas são convocadas para debater qualidade da água em MS
Fórum de diretores de Campo Grande acontece dia 29 de abril
Agehab notifica beneficiários por inadimplência e ocupação irregular
‘Cassems Itinerante’ leva atendimento especializado a cinco cidades
TRE-MS faz cadastramento biométrico em Aparecida do Taboado
Governo anula licitação para compra de kit escolar
Estoque de plaquetas está abaixo do limite