Campo Grande •25 de Julho de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner - Rota das estações

Da redação | Quinta, 13 de Outubro de 2016 - 17h55Manifestantes criticam medidas do governo e colhem assinaturasProtesto foi realizado no Centro de Campo Grande na tarde desta quinta-feira

  
Manifestantes fizeram coleta de assinaturas contra a reforma da Previdência (Foto: Roberto Okamura)
  • Manifestantes fizeram coleta de assinaturas contra a reforma da Previdência
  • (Foto: Roberto Okamura)
  • (Foto: Roberto Okamura)
  • (Foto: Roberto Okamura)
  • (Foto: Roberto Okamura)
  • (Foto: Roberto Okamura)

Integrantes da Frente Brasil Popular-MS realizaram ato nesta quinta-feira, 13 de outubro, às 16h, na esquina Calógeras e Afonso Pena, em Campo Grande. Eles denunciando perdas em educação, saúde e assistência social que, segundo os manifestantes, estão representadas pela PEC 241/2016 e outras medidas do governo federal

A PEC 241 congela gastos federais para os próximos 20 anos. “Isso significa falta de verbas em hospitais e escolas, é um freio nos investimentos em saúde e educação previstos na Constituição!  No entanto, essa mesma proposta não coloca limites para os juros da dívida, que vai aumentar e penalizar ainda mais os trabalhadores”, dizem os sindicalistas em nota divulgada à imprensa.

Quanto ao PL 4567, que exclui a Petrobras como operadora do pré-sal, ele representa retirar 50 bilhões de reais nos investimentos de educação e saúde e jogar no lixo as metas do Plano Nacional de Educação. Também retira 116 bilhões dos recursos da União para jogar na mão de investidores estrangeiros.

O protesto incluiu ainda coleta de assinaturas e críticas contra a reforma da Previdência do atual governo. “ A idade mínima para se aposentar vai para 65 anos, e, às próximas gerações, 70! Com a desvinculação do reajuste do salário mínimo, 22,1 milhões de brasileiros terão seus benefícios desvalorizados e 70% dos beneficiários terão sua renda congelada. O tempo de contribuição dos trabalhadores rurais irá para 65 anos”, dizem os manifestantes.

 

Veja Também
UFMS Movimenta será no próximo sábado em praça da Capital
Professores da Capital aceitam reajuste parcelado
'Por nenhum Kauan a menos': família clama por justiça
Capivara ferida é resgatada na Lagoa Maior, em Três Lagoas
Convênio garante desconto de até 17% em unidades habitacionais
Contribuinte recebe carro 0km do sorteio do IPTU/2017
Ex-ministro mediará painel de debate sobre turismo de eventos na Capital
Terça, 25 de Julho de 2017 - 12h36Justiça Federal em Brasília suspende aumento de impostos sobre combustíveis Previsão do governo é arrecadar mais R$ 10,4 bilhões com o aumento do PIS/Cofins sobre os combustíveis
Cirurgias eletivas e atendimento ambulatorial são suspendidos
Terça, 25 de Julho de 2017 - 11h09Saiba onde CCR MSVia implanta pare-e-siga na BR-163/MS Em caso de chuva, as obras poderão ser interrompidas
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - Patio central
DothShop
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento