Campo Grande •17 de Fevereiro de 2018  • Ano 7
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full Banner Águas Guariroba - Campanha Águas Faz Mais

Da redação | Quinta, 13 de Outubro de 2016 - 17h55Manifestantes criticam medidas do governo e colhem assinaturasProtesto foi realizado no Centro de Campo Grande na tarde desta quinta-feira

  
Manifestantes fizeram coleta de assinaturas contra a reforma da Previdência (Foto: Roberto Okamura)
  • Manifestantes fizeram coleta de assinaturas contra a reforma da Previdência
  • (Foto: Roberto Okamura)
  • (Foto: Roberto Okamura)
  • (Foto: Roberto Okamura)
  • (Foto: Roberto Okamura)
  • (Foto: Roberto Okamura)

Integrantes da Frente Brasil Popular-MS realizaram ato nesta quinta-feira, 13 de outubro, às 16h, na esquina Calógeras e Afonso Pena, em Campo Grande. Eles denunciando perdas em educação, saúde e assistência social que, segundo os manifestantes, estão representadas pela PEC 241/2016 e outras medidas do governo federal

A PEC 241 congela gastos federais para os próximos 20 anos. “Isso significa falta de verbas em hospitais e escolas, é um freio nos investimentos em saúde e educação previstos na Constituição!  No entanto, essa mesma proposta não coloca limites para os juros da dívida, que vai aumentar e penalizar ainda mais os trabalhadores”, dizem os sindicalistas em nota divulgada à imprensa.

Quanto ao PL 4567, que exclui a Petrobras como operadora do pré-sal, ele representa retirar 50 bilhões de reais nos investimentos de educação e saúde e jogar no lixo as metas do Plano Nacional de Educação. Também retira 116 bilhões dos recursos da União para jogar na mão de investidores estrangeiros.

O protesto incluiu ainda coleta de assinaturas e críticas contra a reforma da Previdência do atual governo. “ A idade mínima para se aposentar vai para 65 anos, e, às próximas gerações, 70! Com a desvinculação do reajuste do salário mínimo, 22,1 milhões de brasileiros terão seus benefícios desvalorizados e 70% dos beneficiários terão sua renda congelada. O tempo de contribuição dos trabalhadores rurais irá para 65 anos”, dizem os manifestantes.

 

Veja Também
Sábado, 17 de Fevereiro de 2018 - 16h37Mãe que está presa com bebê consegue HC Justiça concede habeas corpus a mulher que deu a luz logo após prisão
Sindicalistas protestam contra reforma previdenciária
MS pode receber venezuelanos
MS não teve casos de febre amarela
Prefeitura entrega obra de escola que estava parada
Hora de atrasar o relógio
Sábado, 17 de Fevereiro de 2018 - 06h25Chuva e muito sol Na parte da tarde as temperaturas permanecem altas
MEC prorroga prazo para adesão do Programa Mais Alfabetização
Aberta licitação para revitalizar Rua 14 de Julho
Horário de verão termina à meia-noite do sábado (17)
Square notícias UCI 2018
Vídeos
Diário Digital no Facebook
DothNews
DothShop
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2018 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento