Menu
9 de abril de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Dourados e Três Lagoas

Mandetta anuncia conclusão de HR's

Ministro entregou 52 Monitores Multiparamétricos e 28 desfibriladores/Cardioversores à Secretaria Estadual de Saúde

17 Fev2020Da redação12h00

Nesta segunda-feira (17)  o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta participou, acompanhado do governador Reinaldo Azambuja, do encontro Estadual de Vigilância em Saúde. Eles assinaram um Termo de Cooperação no Projeto Wolbacchia, que terá sua biofábrica instalada na sede do LACEN (Laboratório Central) estadual. Durante a solenidade Reinaldo Azambuja destacou o volume de investimentos que o Ministério vem realizando no Estado.

Também no encontro o Ministro entregou 52 Monitores Multiparamétricos e 28 desfibriladores/Cardioversores à Secretaria Estadual de Saúde e o Governo do Estado fez a doação de dezenas de caixas cirúrgicas para prefeitos e secretários municipais de Saúde de 57 municípios. Mandetta aproveitou para anunciar a conclusão dos Hospitais Regionais de Dourados e Três Lagoas.

Em seu pronunciamento o ministro da saúde, reforçou o compromisso de continuar avançando nas questões de saúde para o Estado. “Esse ano nos completamos mais de R$ 400 milhões de investimentos em Mato Grosso do Sul. No governo Reinaldo, pela primeira vez nós vamos sair daquela ótica de ambulancioterapia. Com os polos fortalecidos, vamos ver se a gente deixa como legado para os outros poderem tocar”, declarou Mandetta.

Durante o encontro foram assinados, o Acordo de Cooperação para implantação do Projeto Wolbachia, que estabelece a instalação da biofábrica na sede do LACEN (Laboratório Central) estadual, e o Termo de adesão do município de Campo Grande ao Projeto Estadual e-Visita Endemias, que vai distribuir 600 aparelhos celulares para o monitoramento dos criadouros de mosquitos na Capital.

Ao lado do ministro Mandetta o governador Reinaldo também fez a entrega 80 equipamentos médicos e hospitalares e 94 caixas cirúrgicas, que vão beneficiar a população de 57 municípios do Estado. Os equipamentos foram adquiridos com recursos estaduais e federais. 

Um dos objetivos do encontro, realizado pelo Governo do Estado, é disseminar informações corretas no enfrentamento de doenças como a dengue, influenza (gripe), coronavírus, tuberculose, hanseníase, infecções sexualmente transmissíveis, entre outras.

Foi assinado também o repasse de 600 aparelhos celulares aos agentes de endemias. Eles irão utilizar nos trabalhos de  combate aos focos do  mosquito transmissor da dengue. 

Veja Também

Procon Campo Grande encontra variação de até 112% no filé de pintado
Confira escala médica nas UPAs e CRSs nesta quinta-feira
Justiça remarca audiência sobre morte de filho de PM
Militar é vítima de disparo acidental dentro do quartel
Transporte coletivo terá linhas reduzidas amanhã e domingo
Polícia Militar adota sistema de aulas virtuais
Fazendeiro autuado em R$ 28 mil por desmatar mata nativa para plantar lavoura
Nesta quinta-feira voltam a funcionar os salões de beleza
Quinta-feira de tempo firme
Unidade Básica de Saúde do bairro Estrela do Sul passará por reforma