Menu
12 de dezembro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Anjos do Guilherme

Mãe peregrina MS para transplante do filho

Guilherme de 8 anos, nasceu com uma lesão no cérebro que o faz ser totalmente dependente

23 Jul2019Byanca Santos - Especial para o Diário Digital16h20

Imagina você correr contra o tempo para conseguir R$ 120 mil reais para que seu filho realizasse um transplante de células tronco fora do país, essa é a história do Guilherme de 8 anos.

Guilherme nasceu com uma lesão no cérebro que o faz ter uma incapacidade permanente e problemas de fala ou movimento, e desde o seu nascimento sua mãe Élica vive para ele e por ele. Devido a imunidade baixa, o pequeno tem o peso de uma criança de 3 anos de idade e passa a maior parte do tempo deitado.

Para restabelecer sua saúde, Guilherme precisa fazer um transplante de células tronco, que ainda não é feito no Brasil no valor de R$ 120 mil reais. Dona Élica tem lutando incessantemente por isso, dia e noite para arrecadar o dinheiro para o transplante e teme não conseguir todo o dinheiro.

“Meu medo é de não conseguir todo o valor. Porque é um valor surreal, fora do nosso orçamento. No caso se eu tivesse o dinheiro hoje, amanhã mesmo eu já faria todo o procedimento”, disse a mãe.

A criança já faz fisioterapias e toma medicações, mas não consegue andar e nem falar e o maior sonho de Élida é receber um abraço do seu filho e ser chamada de mãe. “Ele é 100% dependente de Deus e de mim. Eu sou mãe e nunca fui chamada de mãe. Eu quero receber um abraço dele e ouvir ele me chamar”, disse Élida.

A família é de Agua Clara, 220 km de Campo Grande e para arrecadar o dinheiro, a mãe vem peregrinado todo o Estado e ontem segunda-feira, 22 de julho, esteve no Cidade Alerta com o Rodrigão mostrando a campanha Anjos do Guilherme que busca recursos para o transplante.

Para fazer parte desta corrente do bem, ligue (67) 99678-7854 e contribua para o transplante de Guilherme.

Veja Também

Embalagem de margarina terá de apresentar percentual de gordura
Pacientes com doença genética rara terão tratamento específico no SUS
Procon realizará plantão fiscal em terminal rodoviário na capital
INSS cria programa para identificar benefícios irregulares
Escolas terão que ministrar treinamentos para lidar com emergências
Hospital Regional de Ponta Porã reinaugura brinquedoteca
Ambulância com quatro pessoas capota na BR-262
Programa Fortalece Turismo encerra suas atividades amanhã dia 12
Agepen aguarda transferência de Name para Centro de Triagem
Mais de 3 milhões de alunos já estão cadastrados para a ID Estudantil