Menu
18 de janeiro de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Caso Neymar

Justiça determina arquivamento de processo contra Neymar

No último dia 29, a delegada Juliana Lopes também encerrou as investigações

10 Ago2019Agência Brasil18h23

A Vara de Violência Doméstica da Justiça de São Paulo aceitou o pedido do Ministério Público (MP) paulista e arquivou o processo sobre as acusações de estupro e agressão feitas pela modelo Najila de Souza contra o jogador de futebol Neymar Júnior. Na quinta-feira, 08 de agosto o MP pediu o arquivamento, por falta de provas, do inquérito sobre o caso. 

“Decidimos pelo arquivamento do processo por não haver provas suficientes do que foi alegado pela vítima protegida. É importante deixar claro que o arquivamento do inquérito policial não implica absolvição do acusado. Isso porque, com o arquivamento por falta de provas, o inquérito policial pode ser reaberto a qualquer momento, desde que surjam novas provas”, disse ontem a promotora de Justiça Flávia Merlini, da área de Enfrentamento de Violência Doméstica.

No último dia 29, a delegada Juliana Lopes Bussacos, titular da 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, também encerrou as investigações sobre as acusações de estupro e agressão feitas pela modelo.

Veja Também

Centro Poliesportivo Vila Almeida proporciona esporte e lazer na Região Oeste
TJ determina pagamento de plano de saúde de ex-cônjuge
Prefeitura de Três Lagoas orienta população a denunciar terrenos sujos
Pré-matrícula em escolas de Corumbá pode ser feita até dia 27
Confiram interdições de ruas para este fim e início de semana na Capital
Psicólogos atendem na praça neste sábado
Oficinas gratuitas de esporte e lazer retornam na próxima semana
Apresentado projeto de rede coletora de esgoto do Rita Vieira
DOF aborda carro para fiscalização e encontra foragido
Chuva chega à Capital acompanhada de ventos