Menu
16 de outubro de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner CCR-MS Via
Poder Judiciário

Judiciário da Capital e outros seis comarcas não tem expediente nesta quarta

Em Campo Grande, é Dia de Santo Antônio, padroeiro da Capital

13 Jun2018Da redação07h00

Em razão do feriado municipal de Santo Antônio, padroeiro da Capital sul-mato-grossense, nesta quarta-feira (13) não haverá expediente na Comarca de Campo Grande (Fórum e Juizados) e na Secretaria do Tribunal de Justiça. A portaria que disciplina o expediente forense para o ano de 2018 foi publicada no Diário da Justiça do dia 11 de janeiro.

As comarcas de Bataiporã (padroeiro da cidade), Corumbá (retomada do município), Costa Rica (padroeiro da cidade), Jardim (padroeiro da cidade), Porto Murtinho (aniversário da cidade) e Terenos (padroeiro da cidade) também não terão expediente no dia 13 de junho.

Plantão – O plantão judiciário funcionará normalmente para os casos considerados urgentes como: mandados de segurança, habeas corpus, requerimento de realização de corpo de delito, ação cautelar de busca e apreensão e aqueles que exijam providência imediata. Nessas ações, para serem iniciadas durante o período excepcional, o ato coator deve ter sido concretizado no período do plantão.
 
No Portal do Poder Judiciário de MS (http://www.tjms.jus.br/plantao.php), no ícone “Plantão”, é possível encontrar os telefones de contato dos plantonistas.

Veja Também

Servidora pública que estava desaparecida é encontrada em Caarapó
Governo decide manter começo do horário de verão em 4 de novembro
Sicredi Centro-Sul MS realiza 3º sorteio da promoção
Em Três Lagoas, prefeitura vacinará cães e gatos no sábado
Exposição Culturas Indígenas valoriza a diversidade étnica
Prefeitura convoca 16 médicos para reforçar atendimento
Clima Altas temperaturas e chuva prosseguem em MS Céu nublado em algumas regiões e chuvas em áreas idoladas
Mutirão em Água Clara consegue a baixa de 1.540 processos
Faltam 15 dias para o desligamento do sinal analógico de TV
Fazendeiro é multado por derrubar árvores nativas para plantar lavoura