Menu
27 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner Governo do Estado - Gestão por Competência
Animal

Jaguatirica resgatada em rodovia morre em Cras

Animal teve hemorragia interna, além de diversas lesões e não resistiu

15 Mai2017Giselli Figueiredo, de Aquidauana, em colaboração para o Diário Digital17h33

A jaguatirica ferida resgatada por Policiais Rodoviários Federais às margens da BR 262, próximo a Corumbá, na última sexta-feira (12), não resistiu aos ferimentos e morreu no Centro de Reabilitação de Animais Silvestres – CRAS, na Capital.

De acordo com informações de uma funcionária do local ao Diário Digital, a médica veterinária que atende no CRAS, avaliou o animal, que também passou por exames, mas devido a uma hemorragia interna e diversas lesões, acabou não resistindo e morreu.

Segundo o tenente-coronel Edmilson Queiroz, chefe da assessoria de comunicação da Polícia Militar Ambiental, a Insituição irá procurar o CRAS para receber doação do animal, onde será feita a taxidermia para uso em educação ambiental.

O resgate - O que era para ser uma manhã de rondas na BR 262, no km 675, próximo a Corumbá, se transformou em uma verdadeira força-tarefa dos Policiais Rodoviários Federais Francinildo e Nominato, para transportar uma jaguatirica ferida, possivelmente atropelada, que estava no acostamento da rodovia, próximo ao ponto turístico conhecido como o ‘Ninho dos Tuiuius’.

Segundo o PRF, Francinildo e o colega estavam fazendo rondas na rodovia na manhã desta sexta-feira (12), sentido Corumbá/Miranda, quando avistou a jaguatirica às margens da BR. De imediato pararam para resgatar o bicho.

“Provavelmente o animal foi vítima de atropelamento, e pelo estado dos ferimentos, inclusive com uma pata quebrada, o fato foi recente a nossa chegada”, contou.

Mesmo ferida, a jaguatirica estava estressada, o que dificultou o resgate. Os policiais foram até a fazenda BR BEC e com o auxílio do seo Firmino do Retiro Dois Tambores, conseguiram amarrar o animal para transporta-la em segurança.

Os policiais então entraram em contato com a Polícia Militar Ambiental e foi orientado levar a jaguatirica até o quartel de Aquidauana, para que fosse encaminhada para o Centro de Reabilitação de Animais Silvestres – CRAS em Campo Grande.

Veja Também

Vítima de acidente, engenheira morre em hospital
Prefeitura da Capital afirma ter suprido déficit de medicamentos
23° Encontro de Estudantes de Relações Internacionais será na Capital
Vereadora solicita construção de UBS para bairros da Capital
Usina indenizará vítima de atropelamento em rodovia
Câmeras flagraram atropelamento fatal
Vacinação contra gripe na Praça Ary Coelho
Vereador apresenta projeto a supermercados para reaproveitar alimentos
TJ permite que candidata continue em concurso para escrivã de Polícia
População retira kit gratuito para sinal digital