Campo Grande •26 de Fevereiro de 2017  • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Banner Governo do Estado - Campanha Carna AIDS

Da redação | Segunda, 9 de Janeiro de 2017 - 16h30UEMS sedia maior evento de pesquisadores negros e negras do paísEvento será realizado dos dias 23 a 28 de janeiro em Dourados

(Foto: Divulgação)

A Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) - Unidade de Dourados recebe, de 23 a 28 de janeiro, o IX Congresso Brasileiro de Pesquisadores/as Negros/as (Copene) que é considerado o maior evento sobre temática negra no país.

O evento é organizado pelo Centro de Estudos, Pesquisa e Extensão em Educação, Gênero, Raça e Etnia – Cepegre, da UEMS, em conjunto com a Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as – ABPN.

O IX Copene será realizada pela segunda vez em uma cidade do interior, tendo sido a primeira no ano de 2002, na cidade de São Carlos-SP, quando ocorreu o II COPENE. Também será a segunda vez que o mesmo é realizado na região Centro-Oeste. A primeira foi no ano de 2008, na cidade de Goiânia, o seja, o V COPENE.

Para a coordenadora do Cepegre/UEMS, Maria José Alves de Jesus Cordeiro, o evento demonstra a força da UEMS no cenário dos debates sobre questões Etnicorraciais em nível regional e global. "O IX COPENE tem como objetivo geral reunir pesquisadores/as negros/as para discutir, apresentar, ampliar e avaliar as ações e estratégias de combate ao racismo, às políticas públicas direcionadas à população negra brasileira e as produções científico-acadêmicas elaboradas nas últimas décadas", informa.

Para a docente da UEMS, a temática do evento para este ano, “Novas Fronteiras da Intolerância Racial: Velhas Práticas da Discriminação e Novos Espaços – Universo Web”, é fundamental para se compreender como as novas ferramentas tecnológicas são utilizadas nestes processos.

"O IX Copene irá propiciar o debate e a reflexão sobre o uso do universo web como espaço de disseminação de velhas práticas de intolerância racial e as políticas públicas de combate. A escolha do tema deu-se em virtude das situações de ataques racistas que afloram diariamente com uso de recursos do universo midiático, baseados na ideologia da superioridade racial e na lógica da impunidade", ressalta Maria José.

O evento ainda contará com a presença de pesquisadores de diversas Universidades nacionais e internacionais. Nomes de peso como a profa. Dra Nilma Lino Gomes, Ex-Ministra do Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial, da Juventude e dos Direitos Humanos; Prof. Dr. Kabengele Munanga, da Universidade de São Paulo (USP) e prof. Dr. Paulino de Jesus Francisco Cardoso, da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), dentre outros.

Outros estudiosos latino-americanos que completam o time de palestrantes como o prof. Carlos Alvarez, Universidade de San Martin, Argentina; prof. Júlio Pereyra, Universidade da Republica, Uruguai; prof. Anny Oroco,Universidade deSalamanca, Argentina; prof. Jose Caicedo, Universidade Cauca, Colômbia; e prof. John Anton, FLACSO, Equador reforçam a relevância do IX Copene. 

Veja Também
Colisão em rodovia deixa cinco mortos e um ferido
Carnaval de Portugal guarda origens da festa brasileira, com desfiles e animação
Carnaval: testes rápidos diagnosticam 15 casos de HIV em Salvador
Citação eletrônica de presos começa fase de testes em MS
Programa Cidade Digital está suspenso parcialmente no Carnaval
Defensoria Pública faz campanha contra abuso de crianças e adolescentes
Presidente da França rebate críticas de Donald Trump
Pós em Ensino em Saúde da UEMS abre vagas para aluno especial
No domingo de Carnaval, prefeito fiscaliza atendimento do Samu
Defensoria apura problemas na distribuição do passe do estaduante
Ótica Diniz
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
Rec banner - cirurgia.net
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento