Menu
25 de maio de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega banner FIEMS - Mês da Industria
Economia

Inflação para famílias com renda até 2,5 salários mínimos é de 4,80% em 12 meses

Taxa é maior que a de dezembro (0,19%) do ano passado

6 Fev2017Da Agência Brasil09h25

A inflação para famílias com renda até 2,5 salários mínimos, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor - Classe 1 (IPC-C1), ficou em 0,54% em janeiro deste ano. A taxa é maior que a de dezembro (0,19%) do ano passado, segundo dados da Fundação Getulio Vargas (FGV). Em 12 meses, o IPC-C1 acumula taxa de 4,80%.

O indicador ficou abaixo das taxas apresentadas pelo Índice de Preços ao Consumidor – Brasil (IPC-BR), que mede a inflação para todas as faixas de renda e que apresentou variações de 0,69% em janeiro deste ano e de 5,04% em 12 meses.

A alta do IPC-C1 - entre dezembro e janeiro - foi puxada por cinco das oito classes de despesa que compõem o índice: habitação (que passou de uma deflação de 0,69% em dezembro para uma inflação de 0,06%), transportes ( subiu de 0,59% para 2,07%), educação, leitura e recreação (de 0,86% para 2,74%), alimentação (de 0,26% para 0,34%) e comunicação (de 0,07% para 0,42%).

Veja Também

Caminhoneiros aceitam acordo e greve será suspensa
AGU já conseguiu 17 liminares para desbloquear rodovias federais
Manifestantes bloqueiam Central da Petrobras
Caminhoneiros não chegam a acordo com governo
Cheia faz Município suspender aulas em escola do Paraguai Mirim
Ruas vazias e postos lotados na Capital
Com sorteio de prêmios, Festa do Sagrado Coração começa no sábado
Copa Assomasul adia jogo devido à greve dos caminhoneiros
Na Capital, combustível acabou em 20% dos postos
Audiência pública debate o reordenamento dos bairros de Dourados