Menu
19 de novembro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Incêndio Florestal

Incêndio é controlado e equipes da Força-Tarefa são desmobilizadas no Pantanal

Durante 23 dias ações de combate foram intensificadas para conter fogo que atingiu mais de 173 mil hectares

9 Nov2019Da redação12h00

Os focos de incêndio no Pantanal Sul-mato-grossense foram controlados e a força-tarefa criada pelo Estado está em processo de desmobilização nesta sexta-feira. Foram 23 dias de combate intenso ao incêndio que destruiu 173,2 mil hectares. Trabalho que exigiu o empenho de cerca de 300 pessoas das unidades do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Distrito Federal, Ibama, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Ibama, Exército e ICMBIO, além de funcionários das fazendas.

Para o combate aos focos foram empregados ainda duas aeronaves de combate a incêndios florestais Air Tractor do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso e do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal, cada uma com capacidade de transporte de 3 mil litros de água, e duas aeronaves do ICMBIO com tanques para carregar 1.500 litros de água cada.

Além do trabalho das equipes, as chuvas ajudaram a controlar a queimada. Não há mais nenhum foco, segundo as imagens de satélite. Segundo a Sala de Situação Integrada, que coordenou os trabalhos de combate às queimadas no Pantanal, as condições climáticas ajudaram a apagar os focos de incêndio.

 De acordo com o Centro de Monitoramento do Tempo e Clima de Mato Grosso do Sul (Cemtec), choveu nos últimos dias e com isso a umidade do ar, que na semana passada chegou ficou entre 25% a 30% a variação agora está entre 35% a 95%. Há previsão de chuva neste fim de semana em pontos isolados no Estado.

A informação é do coordenador da Defesa Civil Estadual, tenente-coronel Fábio Catarinelli. Segundo ele, a decisão de desmobilizar a equipe levou em conta a previsão de mais chuvas para a região.

“Com a previsão de chuva para os próximos dias, os incêndios controlados e o risco mínimo de fogo, as equipes entraram em processo de desmobilização”, explicou.

Veja Também

Orçamento da Capital para 2020 recebe 330 emendas de vereadores
Mais de 500 candidatos disputam vagas de residência médica em MS
Confira escala médica nas UPAs e CRSs nesta terça-feira
Depac Piratininga passa a atender no prédio do Cepol
Vereador tenta
Polícia Militar Ambiental autua assentados por criação de gado em área protegida
Governo declara situação de emergência em Porto Murtinho
Black Friday até em academia
Prefeitura deve multar consórcio Guaicurus
Terça-feira com máxima de 34°C