Menu
22 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Imasul retoma ações da Educação Ambiental com curso para gestores

Curso tem início dia 16 de março e inscrições podem ser feitas até a véspera pela internet

11 Mar2017Da redação14h56

A Comissão Interinstitucional de Educação Ambiental, coordenada pelo Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) e integrada por agentes públicos e representantes de entidades civis, retoma as atividades neste ano com curso para capacitação de seus membros e convidados intitulado Conhecer, Fortalecer e Articular.  O assunto foi discutido na 48ª reunião ordinária da comissão, realizada nesta semana, no auditório do Imasul.

O curso tem início dia 16 de março e as inscrições podem ser feitas até a véspera no site do Ministério do Meio Ambiente (clique aqui). Com duração de 60 horas/aula, o curso será ministrado à distância simultaneamente para os 27 estados da Federação, com turmas de 40 alunos cada. O objetivo é qualificar os gestores para que possam atuar nos espaços de discussões e decisão, visando a efetividade da Educação Ambiental como política pública e o fortalecimento da participação e controle social.

Mato Grosso do Sul, assim como os outros 26 estados, indicaram tutores estaduais para acompanhar o desenvolvimento das turmas, que também terá tutoria nacional, por meio dos  Ministérios do Meio Ambiente e da Educação.

Outra atividade apresentada e discutida na reunião da CIEA foi a proposta de elaboração do Programa Estadual de Educação Ambiental (ProEEA/MS). Para isso o Imasul firmou um Termo de Cooperação Técnica com o WWF-Brasil e juntos irão propor a elaboração do programa que terá também a participação da comissão.

A Comissão - A Comissão Interinstitucional de Educação Ambiental tem caráter consultivo e sua finalidade é promover a discussão, o acompanhamento e a avaliação da Política e do Programa Estadual de Educação Ambiental. Integram a Comissão em Mato Grosso do Sul, representantes do Imasul, Secretarias Estaduais de Saúde e de Educação, Polícia Militar Ambiental, Ibama, Iagro, Sanesul, MPE, UFMS, UEMS, PGE, Funai, Fertel, Mupan, Sodepan, Aasa, OAB, UCDB, Uniderp, Instituto Mamede, Comitês das Bacias Hidrográficas de Miranda e Ivinhema, e Famasul.

Veja Também

Estudo avalia se hidrelétricas na Bacia do Paraguai causam impacto ambiental
OAB anuncia novo recurso contra cobrança de bagagem em aviões
TJ mantém condenação por homicídio culposo em acidente de trânsito
Caravana da Saúde está de volta e ampliada
Assomasul promove treinamento sobre fiscalização de imposto
Empresa realiza maratona de programação para escolher estagiários
Obras do Reviva Centro alteram linhas de ônibus neste fim de semana
Em Brasília, cemitério que abriga personalidades é ponto turístico
Universidade realiza corrida de carrinhos de rolimã neste sábado
Projeto de Fábio Trad atualiza legislação militar no combate a crimes sexuais