Menu
21 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Imasul retoma ações da Educação Ambiental com curso para gestores

Curso tem início dia 16 de março e inscrições podem ser feitas até a véspera pela internet

11 Mar2017Da redação14h56

A Comissão Interinstitucional de Educação Ambiental, coordenada pelo Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) e integrada por agentes públicos e representantes de entidades civis, retoma as atividades neste ano com curso para capacitação de seus membros e convidados intitulado Conhecer, Fortalecer e Articular.  O assunto foi discutido na 48ª reunião ordinária da comissão, realizada nesta semana, no auditório do Imasul.

O curso tem início dia 16 de março e as inscrições podem ser feitas até a véspera no site do Ministério do Meio Ambiente (clique aqui). Com duração de 60 horas/aula, o curso será ministrado à distância simultaneamente para os 27 estados da Federação, com turmas de 40 alunos cada. O objetivo é qualificar os gestores para que possam atuar nos espaços de discussões e decisão, visando a efetividade da Educação Ambiental como política pública e o fortalecimento da participação e controle social.

Mato Grosso do Sul, assim como os outros 26 estados, indicaram tutores estaduais para acompanhar o desenvolvimento das turmas, que também terá tutoria nacional, por meio dos  Ministérios do Meio Ambiente e da Educação.

Outra atividade apresentada e discutida na reunião da CIEA foi a proposta de elaboração do Programa Estadual de Educação Ambiental (ProEEA/MS). Para isso o Imasul firmou um Termo de Cooperação Técnica com o WWF-Brasil e juntos irão propor a elaboração do programa que terá também a participação da comissão.

A Comissão - A Comissão Interinstitucional de Educação Ambiental tem caráter consultivo e sua finalidade é promover a discussão, o acompanhamento e a avaliação da Política e do Programa Estadual de Educação Ambiental. Integram a Comissão em Mato Grosso do Sul, representantes do Imasul, Secretarias Estaduais de Saúde e de Educação, Polícia Militar Ambiental, Ibama, Iagro, Sanesul, MPE, UFMS, UEMS, PGE, Funai, Fertel, Mupan, Sodepan, Aasa, OAB, UCDB, Uniderp, Instituto Mamede, Comitês das Bacias Hidrográficas de Miranda e Ivinhema, e Famasul.

Veja Também

ONU celebra suspensão de testes nucleares da Coreia do Norte
Mais de 1,4 mil travestis e transexuais pediram nome social no título
Obra de drenangem interdita trecho da Leão Neto na segunda-feira
Ponte de concreto para substituir a que caiu está 91% concluída
Confira os 12 erros mais cometidos na Declaração do IR
Tribunais e cartórios de MS serão inspecionados
Usando arte, evento alerta contra a cultura do estupro
Homem morre afogado após veículo cair em rio
Aposta feita em Brasília fatura mais de R$ 9 milhões na Mega-Sena
Fiocruz fabricará remédios contra HIV e hepatite C para ofertar no SUS