Campo Grande • 08 de dezembro de 2016 • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da redação | sexta, 30 de setembro de 2016 - 17h24III Festival Internacional de Violão 2016 em Campo GrandeAulas de violão e concertos gratuitos serão oferecidas aos alunos

O concerto de abertura ocorrerá no dia 3, às 20h, no Teatro Glauce Rocha, com entrada franca.
O concerto de abertura ocorrerá no dia 3, às 20h, no Teatro Glauce Rocha, com entrada franca. (Foto: Divulgação)

Entre os dias 3 e 8 de outubro o III Festival Internacional de Violão 2016 em Campo Grande oferece concertos gratuitos, aulas para os alunos e ainda um concurso entre violonistas de diversos países e estados brasileiros. O objetivo é promover o ensino, a pesquisa e incentivar a produção artística do violão no Estado.

O Festival é uma iniciativa do Curso de Música da UFMS juntamente com a Coordenadoria de Cultura da PREAE/UFMS e com o apoio do SESC-MS. Durante os dias de festival, ocorrerão no Anfiteatro do CCHS/UFMS palestras e aulas voltadas aos acadêmicos, profissionais e diletantes com a finalidade de se especializar no conhecimento sobre o instrumento. Intercalado a isto haverá apresentação de trabalhos científicos sobre áreas especificas do violão (ensino, história, desempenho, etc) e mesas redondas. E nas noites ocorrerão os concertos gratuitos, no SESC Horto às 20h (com retirada de senha na bilheteria, uma hora antes).

Neste ano, o festival apresenta uma diversidade incomum, pois além de violonistas clássicos consagrados e de indiscutível carreira internacional, haverá concertos de instrumentos como viola caipira, ao lado de instrumentos de outros tempos (alaúde e vihuela), além da presença de solistas tocando clássicos populares argentinos, paraguaios e bolivianos.

Dentre os convidados, têm destaque o argentino Eduardo Isaac – um dos mais respeitados e experientes violonistas da atualidade, conhecido por suas interpretações de tangos e de música clássica latina americana. O norte americano Adam Levin, é um dos maiores expoentes de sua geração e detentor de importantes prêmios internacionais, além de importantes violonistas como os brasileiros Edelton Gloeden (USP), Roberto Correa (viola caipira), Michel Maciel (UFMG), o boliviano Marcos Puña, os argentinos Marcos Pablo Dalmacio, Lucio Yanel, o paraguaio Ysmael Insfran e o maestro da Orquestra Municipal de Campo Grande, Eduardo Martinelli, como solista ao violão.

Além dos convidados internacionais do festival, o concerto de abertura apresenta um programa especial: duas obras para violão solista e orquestra – fato absolutamente incomum em Campo Grande. A primeira, o concerto Diálogo de Ernst Mahle (1929) tocado pelo professor do curso de música Pieter Rahmeier acompanhado pelos músicos da Camerata de Cordas da UFMS em parceria com músicos da OSCG. A segunda obra, uma das mais importantes do repertório: o Concerto para violão e orquestra de Heitor Villa Lobos, regido pelo profº Jorge Augusto Geraldo e tendo como solista o veterano profº Marcelo Fernandes do Curso de Música da UFMS.

 O concerto de abertura ocorrerá no dia 3, às 20h, no Teatro Glauce Rocha, com entrada franca.

Veja Também
Mulher que dopava vítimas para roubar é indiciada
Na Capital, 370 cartinhas ainda aguardam padrinhos
Nova Lei de Migrações é aprovada pela Câmara Federal
Justiça Itinerante atende o Bairro Universitário nesta quinta-feira
Audiência debate futuro da infância e adolescência nesta sexta-feira
Enfermagem do Hospital Evangélico pode paralisar nesta sexta
Queda de avião de pequeno porte em Manaus deixa cinco mortos
Paciente que recebeu rim do irmão é liberado de hospital
Sai gabarito da segunda prova do Enem
Em MS, 53 crianças cadastradas pelo Judiciário aguardam presente de Natal
square noticias uci
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - cirurgia.net
DothNews
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2016 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento