Menu
21 de maio de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega banner FIEMS - Mês da Industria
Mobilização Nacional

IFMS adere mobilização nacional em defesa da educação

Aquidauana cerca de 200 pessoas participaram da ação

29 Set2016Da redação16h50

Servidores e estudantes do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) realizaram uma mobilização em defesa da escola pública e dos Institutos Federais, nesta quinta-feira, 29. Como uma forma de marcar posicionamento contrário a uma série de medidas adotadas pelo governo, a ação foi acordada durante a 40ª Reunião dos Dirigentes das Instituições Federais de Educação Profissional e Tecnológica (Reditec), realizada em Vitória (ES).

Na reunião, encerrada na terça-feira, dia 27, foi elaborada a Carta de Vitória, documento que elenca os últimos fatos que, segundo os dirigentes, enfraquecem a Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica.

Na pauta, o contingenciamento deste ano, orçamento para o próximo e os limites de investimento que impactam no funcionamento das 650 unidades da Rede, distribuídas em 568 municípios. Outro ponto de discussão é a reformulação do ensino médio, pela Medida Provisória n° 746/2016, que tem sido bastante criticada por educadores.

“O ensino médio precisa ser repensado, mas não dessa forma, por meio de uma MP”, esclareceu a reitora em exercício, Marcelina Maschio, durante reunião entre os servidores na reitoria, durante o período da manhã.

Marcelina explicou que o Dia Nacional de Mobilização integra outras estratégias alinhadas pelos dirigentes da Rede Federal, como a marcha em Brasília, prevista para novembro, durante a tramitação do Projeto de Lei Orçamentária Anual 2017 no Congresso Nacional.

“Precisamos garantir que os Institutos Federais continuem a funcionar, nosso projeto de educação não pode ser tolhido e deixar de atender à sociedade”, complementou.

Em Aquidauana, cerca de 200 pessoas participaram da ação. Também foram registradas atividades em Campo Grande, Coxim, Jardim, Naviraí, Nova Andradina, Ponta Porã e Três Lagoas.

Em Dourados, os servidores foram trabalhar vestidos de verde, a cor dos Institutos Federais. No Campus Corumbá, a carta foi lida para os servidores, e os professores foram orientados a sensibilizar os alunos antes das aulas. Na próxima semana, há ainda a previsão de reuniões com estudantes do Campus e diretores de escolas estaduais e municipais.

De acordo com informações do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), deverão ser articuladas ações junto às bancadas federais nos respectivos Estados para que os parlamentares tenham conhecimento prévio das pautas da Rede Federal. Essa informação foi confirmada pelo Pró-Reitor de Administração do IFMS, José Jorge Guimarães Garcia, durante a reunião na reitoria.

Veja Também

Índios de Dourados recebem equipamentos para a agricultura
Denatran suspende pagamento de multas com cartão de crédito ou débito
Projeto estabelece isenção de carência em planos de saúde
MPF denuncia sete por fraude em licitação no aeroporo da Capital
Procon recolhe produtos vencidos e abre processo contra rede de mercados
Pedidos de aposentadoria por telefone e internet
Trânsito CCR MSVia destaca operações pare-e-siga na BR-163/MS Em caso de chuvas, as obras serão suspensas
Nacional Mais 21 serviços no INSS poderão ser agendados pela internet Agendamento vai começar a partir de quinta-feira, 24 de maio
Taxa de inscrição no Enem deve ser paga até quarta-feira
Greve compromete escoamento da safra