Campo Grande •17 de Dezembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner Governo do estado - Campanha Transparência Governo

Da redação | Segunda, 17 de Outubro de 2016 - 12h20Hospital Cassems inicia pronto atendimento pediátrico nesta segunda-feiraHospital é um marco para a Saúde do Estado e referência em procedimentos de alta complexidade

(Foto: Divulgação)

O Hospital Cassems de Campo Grande foi inaugurado no dia 06 de outubro e, no dia 10, começou o atendimento ao público nas áreas de Pronto Atendimento Adulto 24 horas, Centro de Diagnóstico, Centro Cirúrgico e de Oncologia, Internações Clínicas e Cirúrgicas, e a UTI Adulto. Hoje, dia 17, o Hospital começa o atendimento do Pronto Atendimento Infantil 24 horas. A Unidade Hospitalar está toda equipada, com a sua estrutura física pronta e as alas entrarão em funcionamento de forma gradativa, estratégica e com muita responsabilidade, colocando sempre em primeiro lugar a qualidade do atendimento e a segurança do beneficiário da Caixa dos Servidores. No primeiro trimestre de 2017, o Hospital estará funcionando na sua totalidade com a abertura do atendimento da UTI Neonatal e da Maternidade.

O hospital já é um marco para a Saúde do Estado e referência em procedimentos de alta complexidade. A Unidade Hospitalar da Capital tem 14 mil m² e vai oferecer 10 salas cirúrgicas, sendo uma obstétrica e uma equipada com telemedicina, 111 leitos de internação, Pronto Atendimento, Centro de Quimioterapia, UTIs Adulto e Neonatal, Centro de Diagnóstico e uma equipe de 300 profissionais, sendo capaz de atender cerca de mil pacientes por dia.

A Unidade Hospitalar contará com tecnologia de ponta, com a incorporação da mais moderna infraestrutura lógica e a utilização de fibra ótica em todos os ambientes. Todos os leitos, UTI’s, boxes de atendimento e salas cirúrgicas terão pontos para conectividade dos equipamentos médicos. A sala cirúrgica de telemedicina é uma tecnologia inédita no Estado e está alinhada com os grandes hospitais do Brasil e do mundo, onde o procedimento cirúrgico é exibido em duas telas de 50 polegadas, sendo que uma delas pode ser usada para exibição de exames de imagem, além de possibilitar um sistema de comunicação entre a equipe médica. Todo o sistema da sala cirúrgica de telemedicina é controlado por meio de tablets. Num futuro breve, a maioria dos exames médicos, prescrições e evoluções clínicas ocorrerão da beira do leito para uma nuvem, possibilitando assim, o monitoramento dos pacientes em tempo real.

Veja Também
Feira Central da Capital coleta histórias de frequentadores
Fim da neutralidade nos EUA pode ter impactos na internet no Brasil
Projeto telecolaborativo que aproxima Brasil e Canadá é desenvolvido na Uems
Novo voo internacional é opção até 40% mais barata para MS
Contribuintes têm mais dois dias para pagar dívidas
Confira escala médica da rede pública para este domingo
Mega-Sena acumula e pode pagar mais de R$ 43 milhões na 3ªfeira
Sicredi Centro-Sul MS realiza doação para o Lar do Idoso de Dourados
Deputado destaca desenvolvimento econômico com chegada de recursos para Três Lagoas
Governo autoriza investimento para Três Lagoas
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - Patio central
DothShop
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento