Menu
18 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Horário de verão

Hora de adiantar o relógio

Domingo começa com uma hora a menos em MS

15 Out2016Laureano Secundo08h09

Durante o horário de verão, que começa a vigorar a partir de hoje em Mato Grosso do Sul,  deverá acontecer uma economia de energia de 5%, confirme previsão da concessionária  de Energia o que equivale à 40 MW, correspondente à demanda em Corumbá e Ladário (MS). Na região Centro Oeste, em geral, a redução será de 4,5%. Com duração de 126 dias a partir da zero hora de domingo (16) até a zero hora do dia 19 de fevereiro de 2017, em dez estados e o Distrito Federal,.

Entre os objetivos está a redução da demanda durante o horário de pico, que vai normalmente das 18h às 21h. A redução no consumo se dá devido a não utilização simultânea da iluminação pública e residencial. Devido à posição da terra em relação ao sol, nesse período os dias têm maior duração, e a luminosidade natural pode ser mais bem aproveitada.

Pelos cálculos do governo federal, com o horário de verão, será possível economizar R$ 147,5 milhões. Além de Mato Grosso do Sul o horário diferenciado vale para os estados de Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Espírito Santo, além do Distrito Federal.
 

Veja Também

Sitiante é autuado por manter macaco-prego em cativeiro
Anvisa suspende venda de fraldas Huggies Turma da Mônica
Colisão frontal mata duas pessoas em rodovia
Simted rejeita proposta feita pela prefeitura de Corumbá
Governo do Estado promove 113 PMs a sargento
Campanha do Agasalho do Judiciário é prorrogada até o dia 10 de julho
Castração de gatos no CCZ deverá ser agendada presencialmente
Empresário sugere proibição de fogos de artifício com ruído
Deficientes poderão ser isentos de taxa de inscrição em concursos
Projetos proíbem cursos de graduação a distância na área da saúde