Menu
21 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Em MS

Homem vai preso após furtar moto de pátio do Detran

Acusado foi preso na casa em que mora após pela Polícia Civil, após receber informações sobre o fato

13 Set2016Da redação10h13

Rubem Matinês Silva de 27 anos, foi preso na tarde de segunda-feira (12) após furtar uma moto no pátio do Detran de Laguna Carapã, localizado na rua João Maria Matoso. O acusado foi preso na casa em que mora após pela Polícia Civil, após receber informações sobre o fato.

Segundo a ocorrência policial, Rubem furtou uma moto Honda Titan 125 com placa NAZ-7155, após o fato a Polícia Civil foi informada e seguiu até a casa dele (não consta o endereço), no local encontrou o veículo e ambos foram encaminhados para a delegacia.

Ao ser questionado, Rubem disse que a moto é dele, que a comprou por R$ 2 mil reais e que ela havia sido apreendida, desde então tentou de várias retirar o veículo do local, porém não conseguiu e como precisava da moto decidiu pegar ela.

Consta na ocorrência, que o veículo foi apreendido por irregularidade na documentação e para furtar a moto o rapaz estourou a grade do local, no entanto ele nega que tenha a feito e que a grade já estava estourada.

Rubem contou ainda que, quando comprou o antigo dono da moto disse que poderia ‘rodar’ com ela dentro da cidade que não haveria problema, apenas o orientou em não sair com ela fora.

Ele foi autuado por furto.

Veja Também

Agetran alerta para interdições em vias neste sábado e domingo
Idosa sofre com adiamentos de cirurgia
Trabalhador fica preso em ferragens após acidente em rodovia
Governo revitaliza asfalto de três rodovias estaduais
Justiça Federal torna Cabral réu pela 23ª vez na Lava Jato
Prefeitura convoca mais 70 médicos inscritos na cadastro temporário
Em MS Atenção motoristas: BR-163/MS passa por obras da CCR MSVia Em caso de chuvas, as obras serão suspensas
Drone e ferramentas artesanais fazem sucesso na 3ª edição da Tecnofam
UFMS Acadêmicos da UFMS fecham portões e esperam por reitor Estudantes querem que o curso de Licenciatura em Educação no campo continue na faculdade
Tribunais e cartórios de MS serão inspecionados