Menu
15 de outubro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Dourados

Homem morre em confronto com a Guarda Municipal

Vítima teria investido contra a guarnição após ser denunciada por incêndio criminoso

12 Out2019Da redação09h37

Elcindo Alexandre Neto, de 35 anos, vulgo Maninho, morador na região do parque Rego D’Água, periferia de Dourados, morreu na tarde desta sexta-feira (11) após se envolver em confusão e confronto com agentes da Guarda Municipal de Dourados.

Por volta das 13h30 a Guarda recebeu denúncia de moradores que havia um incêndio criminoso em um terreno na região do parque Rego D’Água e chegando ao local os agentes foram informados que Elcindo era o responsável pelo fogo, mas no momento da abordagem ele fugiu.

Perseguido ele entrou em uma residência, de onde saiu armado com uma tesoura e investiu contra a guarnição, momento que um dos guardas efetuou um disparo de choque na tentativa de conte-lo, mas ele conseguiu se livrar e continuou fugindo.

Os guardas então efetuaram tiros com balas de plástico (polietileno), sendo que um deles atingiu a barriga de Elcindo, que passou por grande sangramento.

Ele foi socorrido por uma equipe do Corpo de Bombeiros e encaminhado para o Hospital da Vida, onde chegou sem sinais vitais.

O caso foi registrado como tentativa de homicídio contra a Guarda, incêndio criminoso, resistência à prisão e violação de domicílio.

(Com informações: Dourados News)

 

Veja Também

Obra começa e moradores de rua deixam viaduto
Carreta da Justiça Itinerante atende sul do Estado
Pescador salva onça presa em anzol de galho no rio Miranda
Ave silvestre é abandonada e PMA orienta sobre devolução espontânea
Governo Federal modifica regras para deportação de estrangeiros
Acidente Mecânico tem lesões graves após choque elétrico Acidente aconteceu quando vítima subiu no telhado da oficina
UEMS promove ações sustentáveis na  Semana Lixo Zero
Confira escala médica nas UPAs e CRSs nesta segunda-feira
Guarda Municipal recolhe modelos de espingardas que causaram morte de homem
Parceria vai agilizar atendimento às famílias de vítimas de morte natural