Menu
24 de setembro de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner Victor Center
Guerra

Presidente Sírio ataca ONU

Assad critica "campanha de mentiras dos EUA" no Conselho de Segurança

15 Abr2018Da redação com Agência Brasil16h11

O presidente da Síria, Bashar al Assad, criticou hoje (15) o que chamou de "campanha de falácias e mentiras" contra seu país por parte de Estados Unidos, França e Reino Unido no Conselho de Segurança da ONU, durante uma reunião em Damasco com deputados russos. A informação é da agência EFE.

"A agressão tripartite com mísseis contra a Síria foi acompanhada de uma campanha de falácias e mentiras no Conselho de Segurança por parte dos mesmos países agressores contra a Síria e a Rússia", alegou Assad, segundo um comunicado divulgado em sua conta no Telegram.

O líder sírio disse ainda que Rússia e Síria "não só estão em uma batalha contra o terrorismo, mas também para proteger a lei internacional baseada no respeito à soberania dos Estados soberanos e à vontade dos seus povos".

Ainda segundo o comunicado, Assad fez estas declarações durante um encontro com uma delegação do partido Rússia Unida, ao qual o presidente russo, Vladimir Putin, é filiado.

A agência de notícias estatal síria (Sana) acrescentou que os parlamentares russos afirmaram que "a agressão tripartite contra a Síria é uma violação clara das convenções internacionais e ocorreu em um momento em que os sírios tentam restaurar a estabilidade e continuar o processo de reconstrução".

Veja Também

População de rua deve ficar fora do Censo 2020
Doação de órgãos é tema de evento do HU-UFGD na próxima semana
Aposta mineira fatura bolada sozinha
Projeto garante direito de criança visitar pais internados em hospital
Projeto dá prazo para hospitais notificarem violência contra mulher
Inscrições para Casamento Civil Comunitário vão até 28 de setembro
Estágio após conclusão do curso de Direito pode ser limitado a dois anos
Horário de verão pode ser proibido em todo o País
Após 46 anos, casal oficializa união na Carreta da Justiça
Multas por uso de celular ao volante crescem 33% em 2018