Menu
26 de maio de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega banner ALMS - AUDIÊNCIA PÚBLICA
Especial

‘Mulheres de Peito’ ensinam artesanato em shopping da Capital

Objetivo da oficina é produzir lembrancinhas para as mães com toque pessoal

12 Mai2017Mariel Coelho, em especial para o Diário Digital19h00
(Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • Ivone dos Santos, coordenadora do grupo. (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • Rosa Andrade.  (Foto: Marco Miatelo)

O grupo "Mulheres de Peito" e o Pátio Central Shopping estão proporcionando uma oficina de artesanato, onde os participantes aprendem a produzir peças como caixinhas personalizadas, porta-panos entre outros itens. A atividade é uma homenagem ao Dia das Mães e um incentivo para que as pessoas façam elas próprias uma lembrancinha para as mamães. O objetivo da oficina é apresentar opções simples, mas com um toque pessoal, além de ensinar algo novo que pode gerar uma nova renda.

O grupo “Mulheres do peito” surgiu após uma das fundadoras do grupo Ivone dos Santos que fazia tratamento contra um câncer de mama, conhecer uma mulher que também fazia tratamento e que estava se entregando a doença, por não ter o apoio da família. “Fui chegando aos poucos e consegui fazer amizade com ela e dar um pouco do apoio que ela estava precisando, mas ela veio a falecer infelizmente”, conta Ivone.

Ela conta que a partir disso resolveu reunir mais mulheres que também estavam passando pela mesma situação. E muitas delas viram no artesanato uma forma de terapia, além de poder complementar a renda familiar, já que muitas delas ficam impedidas de trabalhar por conta do tratamento. Entre os produtos estão caixas, panos de pratos, imãs de geladeira, chinelos bordados, chaveiros e artesanato regional.

O grupo conta com aproximadamente 33 mulheres, que uma vez por mês fazem uma confraternização na casa de uma das integrantes. Elas contam também com as “Amigas do Peito” que são mulheres que não estão fazendo o tratamento, mais que se interessaram pelo trabalho e as ajudam na confecção dos produtos.

Rosa Andrade Greffi é uma das Amigas do Peito. Ela se ofereceu para ser voluntária. "Já faz 1 ano e meio que eu as acompanho e ajudo a expor os trabalhos delas. É muito bom .É muito gratificante, porque tem mulheres que tem tudo pra ficar em casa, se lamentando, mas que preferem encarara a doença de frente. são mulheres trabalhadoras e a gente aprende junta”, conta Rosa.

A oficina fica na entrada principal do Pátio Central na Rua Candido Mariano, 1380, Centro. As atividades serão realizadas neste sábado, 13 de maio, das 12h às 18h. A participação é gratuita, crianças menores devem estar acompanhadas de um adulto ou responsável. 

Veja Também