Menu
28 de maio de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega banner FIEMS - Mês da Industria
Campo Grande

Grupo inicia estudos para montar acervo do Memorial Esportivo Belmar Fidalgo

Ideia é iniciar campanha de arrecadação de itens da época a partir do dia 19 de fevereiro

10 Fev2018Da redação17h31

Um grupo de trabalho vai auxiliar a Fundação Municipal de Esportes (Funesp) no estudo e definição de critérios para montar o acervo do Memorial Esportivo Belmar Fidalgo, em Campo Grande. A ideia é iniciar uma campanha de arrecadação de itens da época a partir do dia 19 de fevereiro.

Com isso, o grupo de trabalho composto por membros da Secretaria de Cultura e Turismo (Sectur), com as historiadoras Lenilde Ramos, Rita de Cássia e Leda Ferreira; o Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso do Sul (IHGMS), com a historiadora Maria Madalena Dib Mereb Greco; o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), a museóloga Sara Bernal; a Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS) com o educador físico Marcos Tavares; Instituto de Ensino Superior da Fundação Lowtons de Educação e Cultura (Funlec) com a bibliotecária Ana Paula Soares e a Sociedade Civil com a advogada Ana Cristina Medeiros; entre outros parceiros, junto com a equipe da Funesp farão o recebimento dos itens, além de catalogá-los e deixá-los à disposição da população.

Conforme destacou o diretor-presidente da Funesp, Rodrigo Terra, objetivo do acervo é institucionalizar a memória do esporte em Campo Grande. “Neste primeiro momento, optamos em resgatar a origem do futebol no Estado, já que o Belmar Fidalgo foi o primeiro estádio da região quando ainda era Mato Grosso unificado”, comenta Rodrigo, que também pede auxílio da população, “vamos lançar a campanha na próxima semana e contamos com o apoio da população para doações e/ou empréstimos de fotos, livros, camisetas entre outros itens, e todos as peças serão disponibilizadas utilizando recursos físicos, tecnológicos e audiovisuais”, comentou.

A historiadora Rita de Cássia endossou o projeto do Memorial Esportivo a ser implantado na Praça Belmar Fidalgo e acrescentou a importância do acervo para futuras gerações. “A iniciativa é fantástica porque há pouca história de nosso passado e podemos trazer as crianças com brincadeiras e ‘Quiz’ sobre a história do esporte na Capital, garantindo também que as informações sejam acessíveis a todos ”, avaliou.

As obras do prédio serão realizadas através de convênio firmado em dezembro do ano passado entre as empresas Plaenge e Sicredi e iniciam na próxima quarta-feira (14).

(Com informações da assessoria de imprensa da prefeitura)

Veja Também