Menu
21 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Greve

Funcionários da OMEP e SELETA sem salários

Cerca de 4000 trabalhadores podem parar e fechar creches de Campo Grande

8 Out2016Laureano Secundo08h33

Devido ao atrazo do pagamento os profissionais contratados pela Seleta(Sociedade Caritativa e Humanitária) e Omep(Organização Mundial para Educação Pré-Escolar) que trabalham nos Ceinf's e CRAS - por meio de convênio com a prefeitura municipal -  podem entrar em greve a partir da próxima semana . O anuncio foi dado pelo SENALBA-MS (Sindicato dos Empregados em Entidades Culturais, Recreativas, de Assistência Social, de Orientação e Formação Profissional no Estado de Mato Grosso do Sul). O SENALBA-MS cobrou explicações das entidades empregadoras, hoje é o 5º dia útil do mês, prazo previsto em Acordo Coletivo de Trabalho para o pagamento. A justificativa foi a falta de repasse financeiro da prefeitura municipal.

A presidente do SENALBA-MS, Maria Joana Barreto, diz que inicialmente a Semed (Secretaria Municipal de Educação) informou que os valores previstos nos convênios seriam depositados ainda hoje. “No final da tarde, ligamos para as entidades empregadoras para confirmar os depósitos. A presidente da Omep Maria Aparecida Salmaze e o presidente da Seleta Gilbraz Marquez informaram que também haviam recebido a confirmação da prefeitura, mas que no final da tarde de hoje foram avisados de que os valores não seriam depositados".

A presidente do sindicato critica a conduta da prefeitura. "É um dilema insustentável, os trabalhadores já vivem preocupados com os anúncios de demissões e os atrasos ainda são constantes. A maioria sustenta sua família, os trabalhadores merecem respeito, todos os servidores concursados já receberam, porque este descaso com a categoria que presta um serviço com a mesma qualidade que os efetivos?”, questiona Maria Joana.

Veja Também

Agetran alerta para interdições em vias neste sábado e domingo
Idosa sofre com adiamentos de cirurgia
Trabalhador fica preso em ferragens após acidente em rodovia
Governo revitaliza asfalto de três rodovias estaduais
Justiça Federal torna Cabral réu pela 23ª vez na Lava Jato
Prefeitura convoca mais 70 médicos inscritos na cadastro temporário
Em MS Atenção motoristas: BR-163/MS passa por obras da CCR MSVia Em caso de chuvas, as obras serão suspensas
Drone e ferramentas artesanais fazem sucesso na 3ª edição da Tecnofam
UFMS Acadêmicos da UFMS fecham portões e esperam por reitor Estudantes querem que o curso de Licenciatura em Educação no campo continue na faculdade
Tribunais e cartórios de MS serão inspecionados