Menu
22 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Três Lagoas

Grafite é caminho para resgatar meninos fora da lei

Muros e paredes de unidades públicas recebem aplicações coloridas de grafite

3 Fev2017Da redação18h15
(Foto: Divulgação/Prefeitura de Três Lagoas)
  • (Foto: Divulgação/Prefeitura de Três Lagoas)
  • (Foto: Divulgação/Prefeitura de Três Lagoas)
  • (Foto: Divulgação/Prefeitura de Três Lagoas)
  • (Foto: Divulgação/Prefeitura de Três Lagoas)
  • (Foto: Divulgação/Prefeitura de Três Lagoas)
  • (Foto: Divulgação/Prefeitura de Três Lagoas)

Em Três Lagoas, o Projeto de Grafitismo no Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS) do bairro Santo André, é reconhecido como esperança na recuperação de meninos infratores que cumprem pena em Uneis.

O projeto foi realizado no período de 08 de dezembro de 2016 a 01 de fevereiro de 2017 com o professor Joelson Alves de Campos com aulas teóricas e com aplicação de aulas práticas em muros e paredes de algumas Unidades, sendo elas: CREAS; Núcleo de Inclusão Produtiva; Acolhimento Institucional para Criança e Adolescente e o Centro Pop.

Vera Helena explica que o projeto é uma expressão da arte urbana apresentada como instrumento de comunicação e demonstração de técnicas do grafite em cartazes, estampa em camisetas e aplicação em muros ou paredes.

“Tudo na vida é formado de sonhos e a realização desse projeto é a realização de um. Esses meninos poderão ter novas perspectivas e até mesmo colaborar com a renda da família, pois mais do que uma arte, aprenderam um ofício”, comentou.

O objetivo do projeto é desenvolver uma nova proposta alternativa de linguagens visuais com adolescentes em cumprimento das medidas socioeducativas em Meio Aberto, objetivando a melhoria da qualidade de vida, reinserção social e sensibilização das expressões no reconhecimento de valores do adolescente em descumprimento com a lei.

“Esse é o tipo de projeto que não podemos deixar acabar. É um sonho meu e do prefeito Angelo Guerreiro, pois ações como essa permite dar novos caminhos a esses adolescentes, além de possibilitar uma reestruturação familiar com base no respeito e dialogo. A administração sabe da importância desse projeto e por isso que sempre estará com as portas abertas”, ressaltou a secretária adjunta, Leide Daiane.

Já o vice-prefeito, Paulo Salomão, que na ocasião representou o prefeito Angelo Guerreiro, enfatizou que com a oportunidade de recomeçar novas portas se abrem. “Sempre quando se começa de forma correta novos caminhos e oportunidades vão se abrindo. Esses meninos estão tendo a opção de recomeçar e é por isso que esse projeto tem tanto valor”, explicou.

(Com informações da prefeitura de Três Lagoas)

Veja Também

Ação prende condutor embriagado e autua 154
Ministério da Educação e FNDE fazem pesquisa sobre transporte escolar
Ministério Público investiga falhas em Hospital de Sonora
Comissão aprova crime de importunação sexual no Código Penal
Aprovado projeto que dobra gratificação de secretários de escola
Aeronaves do Estado são vistoriadas pelo MPE
Telemarketing pedirá ajuda para Cotolengo
MPE se posiciona sobre acidente entre ônibus e trem
Prefeitura de Corumbá anuncia expediente especial nos dias de jogos do Brasil
Dentistas aguardam proposta salarial para decidir sobre greve