Campo Grande •28 de Maio de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da redação | Sexta, 3 de Fevereiro de 2017 - 18h15Grafite é caminho para resgatar meninos fora da leiMuros e paredes de unidades públicas recebem aplicações coloridas de grafite

  
(Foto: Divulgação/Prefeitura de Três Lagoas)

Em Três Lagoas, o Projeto de Grafitismo no Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS) do bairro Santo André, é reconhecido como esperança na recuperação de meninos infratores que cumprem pena em Uneis.

O projeto foi realizado no período de 08 de dezembro de 2016 a 01 de fevereiro de 2017 com o professor Joelson Alves de Campos com aulas teóricas e com aplicação de aulas práticas em muros e paredes de algumas Unidades, sendo elas: CREAS; Núcleo de Inclusão Produtiva; Acolhimento Institucional para Criança e Adolescente e o Centro Pop.

Vera Helena explica que o projeto é uma expressão da arte urbana apresentada como instrumento de comunicação e demonstração de técnicas do grafite em cartazes, estampa em camisetas e aplicação em muros ou paredes.

“Tudo na vida é formado de sonhos e a realização desse projeto é a realização de um. Esses meninos poderão ter novas perspectivas e até mesmo colaborar com a renda da família, pois mais do que uma arte, aprenderam um ofício”, comentou.

O objetivo do projeto é desenvolver uma nova proposta alternativa de linguagens visuais com adolescentes em cumprimento das medidas socioeducativas em Meio Aberto, objetivando a melhoria da qualidade de vida, reinserção social e sensibilização das expressões no reconhecimento de valores do adolescente em descumprimento com a lei.

“Esse é o tipo de projeto que não podemos deixar acabar. É um sonho meu e do prefeito Angelo Guerreiro, pois ações como essa permite dar novos caminhos a esses adolescentes, além de possibilitar uma reestruturação familiar com base no respeito e dialogo. A administração sabe da importância desse projeto e por isso que sempre estará com as portas abertas”, ressaltou a secretária adjunta, Leide Daiane.

Já o vice-prefeito, Paulo Salomão, que na ocasião representou o prefeito Angelo Guerreiro, enfatizou que com a oportunidade de recomeçar novas portas se abrem. “Sempre quando se começa de forma correta novos caminhos e oportunidades vão se abrindo. Esses meninos estão tendo a opção de recomeçar e é por isso que esse projeto tem tanto valor”, explicou.

(Com informações da prefeitura de Três Lagoas)

Veja Também
Vídeos
Diário Digital no Facebook
Rec banner - cirurgia.net
DothNews
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento