Menu
25 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner Governo do Estado - Gestão por Competência
Campo Grande

Governo quer ampliar atendimento do SUS com novo hospital da Cassems

Unidade de saúde foi inaugurada na noite desta quinta-feira

7 Out2016Da redação17h31

O hospital da Caixa de Assistência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul (Cassems) em Campo Grande, inaugurado na noite desta quinta-feira, será mais uma unidade hospitalar que terá seus serviços contratados pelo Governo do Estado para ampliar e melhorar o atendimento aos sul-mato-grossenses assistidos pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

Ao participar do evento, o governador Reinaldo Azambuja disse que a Capital ganha um hospital de referência, e o Estado, mais um grande parceiro para atender às demandas do setor público na saúde, hoje um dos setores de maior necessidade da população. Ele lembrou os convênios com os hospitais do Pênfigo e São Julião e quer contar com mais uma oferta de serviços de qualidade.

“Nosso governo tem total interesse em pactuar com a Cassems, com a qual, com certeza, vamos ter grandes parcerias para nos auxiliar na implantação de uma regulação estadual na saúde para redistribuição das demandas, que hoje sufocam a rede hospitalar de Campo Grande”, afirmou o governador, lembrando que o governo está entregando 60 novos leitos na Capital e interior do Estado.

Polos regionais - Azambuja adiantou que já iniciou tratativas com a Cassems para que o novo hospital também atenda aos pacientes do SUS, além dos servidores públicos estaduais e municipais e demais associados da instituição. Para ele, a parceria viabiliza economicamente o hospital e favorecerá também os cidadãos sul-mato-grossenses com serviços de qualidade.

“Vivenciamos, nos últimos 16 anos, o fechamento de muitos leitos em nossa Capital, principalmente na saúde suplementar, e hoje passamos a contar com um hospital de referência e uma gestão eficiente e transparente da Cassems, que interiorizou a capilaridade do atendimento”, destacou.

“Nosso governo também busca essa lógica, criando polos regionais para fortalecer a rede de atendimento e ofertar serviços de qualidade e, para isso, hoje se associando às ofertas de serviços privados”, prosseguiu Azambuja.

O governador também destacou a importância do planejamento das ações da Caixa dos Servidores, ao mencionar que o moderno e complexo hospital de 111 leitos foi construído em apenas dois anos e meio com uma concepção moderna e sustentável. E ao falar da excelência dos serviços a serem prestados e da otimização dos recursos aplicados lembrou que também é um servidor público.

“Existe apenas uma pequena diferença, eu fui contratado para quatro anos, e vocês por uma vida”, completou, apontando para os membros do conselho da Cassems, formado pelas entidades representativas dos servidores estaduais.

Melhor plano - A inauguração do novo hospital, localizado nos altos da Avenida Mato Grosso e entrada do Parque dos Poderes, reuniu centenas de pessoas e foi marcada por um megaevento. O governador Reinaldo Azambuja fez questão de estar presente, mesmo depois de cumprir uma extensa agenda em Três Lagoas, e participou do ato ao lado da esposa, Fátima, secretários e demais autoridades convidadas.

O presidente da Cassems, Ricardo Ayache, fez um discurso de abertura exaltando os 15 anos de sucesso da entidade, que tem hoje um dos melhores planos de saúde do País e uma rede de atendimento no Estado composta por 76 unidades e nove hospitais. O hospital da Capital, com capacidade para atender mil pessoas/dia, assistirá a 81 mil servidores e dependentes, além de 119 mil beneficiários do interior.

O início do atendimento ao público será na segunda-feira, 10, com ativação do pronto atendimento adulto (24 horas), centro de diagnóstico, centro cirúrgico e de oncologia, internações clínicas e cirúrgicas, além da UTI adulto. No dia 17, será ativado o pronto atendimento infantil 24 horas. No primeiro semestre de 2017, o hospital conclui seu funcionamento com a abertura do atendimento da UTI neonatal e da maternidade.

Veja Também