Menu
20 de abril de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Super Banner SEGOV - VALE UNIVERDADE
Geral

Governo japonês vai reduzir uso de plástico em órgãos públicos

Poluição provocada por plásticos contamina o solo e os mares.

10 Fev2019Agência Brasil14h40

O governo japonês decidiu cortar o uso de produtos de plásticos em cafeterias e lojas em cerca de 200 órgãos e instituições ligadas ao governo, como universidades, a partir do ano fiscal de 2019, que tem início em abril.

 

A decisão tem como objetivo reduzir a quantidade de dejetos de plástico nos oceanos. Ela foi tomada quando as diretrizes para a assinatura de contratos entre o governo e operadoras de cafeterias e lojas estavam sendo revisadas.

 

Será pedido às operadoras de cafeterias que evitem o uso de talheres e recipientes descartáveis de plástico. A exceção é para serviços a portadores de deficiências.

 

Os donos de lojas de conveniência e demais varejistas serão orientados a deixar de fornecer sacolas plásticas, além de canudos e colheres de plástico.

 

O governo afirma que só irá assinar contratos com entidades capazes de atender aos novos padrões.

 

O ministro do Meio Ambiente, Yoshiaki Harada, afirmou que as novas diretrizes serão rigorosamente aplicadas. Ele disse acreditar que a campanha do governo incentive autoridades provinciais, municipais e diversos setores industriais a adotar a medida.

Veja Também

Pediatras pedem fim da obrigatoriedade do Teste da Linguinha
Projeto acaba com regimes aberto e semiaberto para crimes violentos
Obra será concluída no prazo de um ano
Jornalista Fabiano Fresneda, que atuou na TV MS Record, morre em SP
Falta de acessibilidade em festa gera indenização a cadeirante
Presos fazem manutenção em universidade
Dívidas junto ao governo poderão ser pagas pela internet
PMA multa de infrator por desmatamento ilegal
MS tem 2ª maior taxa transmissão da dengue
Usuário de drogas é assassinado na madrugada