Campo Grande •23 de Novembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full Banner Governo - Refis

Da redação | Quinta, 10 de Novembro de 2016 - 15h45Governo inicia implantação de “salas de situação” de combate à dengue no interiorAquidauana será o primeiro município a receber uma unidade

(Foto: Divulgação/Governo de MS)

Os núcleos regionais de combate à dengue, conhecidos como “salas de situação”, começam a ser implantados pelo Governo de Mato Grosso do Sul em cidades do interior nesta sexta-feira (11). Aquidauana será o primeiro município a receber uma unidade. Em Campo Grande, atividades de controle na sala de situação iniciaram desde dezembro de 2015.

De acordo com o secretário de Estado de Saúde, Nelson Tavares, nove microrregiões do Estado receberão uma unidade do núcleo: Coxim, Ponta Porã, Paranaíba, Nova Andradina, Aquidauana, Três Lagoas, Dourados, Naviraí e Jardim. As salas funcionarão como centro de informações desenvolvido para armazenar dados e designar as estratégias para o combate aos focos do mosquito de forma automatizada.

“Além de dar continuidade aos projetos de capacitação de agentes comunitários municipais, e de parceiros, a nossa estratégia mais importante é instalar esses nove núcleos e fazer esses núcleos reproduzirem as atividades de combate à dengue para os municípios de sua microrregião. Nosso objetivo é fazer com que as ações que os municípios já fazem com a população e parceiros sejam coordenados pelo Estado, pela sala de situação. É uma lógica de organização, um trabalho coordenado”, disse Nelson.

Entre as ações mais comuns de combate à dengue realizada pelo Poder Público e entidades da sociedade civil organizada estão visitas domiciliares de agentes de saúde, palestras sobre o combate ao mosquito transmissor da dengue e a realização de mutirões de coleta de lixo. Ainda de acordo com Nelson, o Estado conta com 25 parceiros para realização das atividades, entre eles o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, o Ministério Público Estadual, o Rotary Club e o Sistema S.

Esse ano, a Campanha Estadual de Continuidade no Combate ao Aedes Aegypti – mosquito que transmite a dengue – foi lançada pela Secretaria de Saúde em 25 de outubro para reforçar os trabalhos de conscientização no combate ao foco de criadouros do mosquito, em especial na redução do acúmulo de resíduos nas residências e em terrenos baldios nos municípios de Mato Grosso do Sul.

Veja Também
No 1º Júri da história de Figueirão, réu é condenado por homicídio
Anatel registra queda nas reclamações contra empresas de telecomunicação
Inscrições para residência médica do HU-UFGD encerram-se sexta-feira
Submarino desaparecido está em fase
Carreta da Justiça realiza 1º Júri da história da comarca de Figueirão
Parada LGBT será realizada neste sábado na Capital
Quarta, 22 de Novembro de 2017 - 12h54Atenção motoristas: BR-163/MS passa por obras da CCR MSVia Em caso de chuva, as obras poderão ser interrompidas
Mega-Sena acumulada pode pagar prêmio de R$ 50 milhões nesta quarta
Programa Saúde do Homem e da Mulher Rural do Senar chega a Figueirão
Governo rescinde contrato com empresa que iniciou Aquário do Pantanal
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
DothShop
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento