Menu
17 de novembro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Meio ambiente

Incendiário preso pela PMA

Por incendiar mata ciliar de córrego urbano foi autuado em R$ 5 mil

11 Set2019Laureano Secundo10h02

Uma equipe de Policiais Militares Ambientais de Dourados foi acionada pela Polícia Militar Ambiental de Rio Brilhante ontem (10), para proceder o auto de infração administrativo (multa ambiental), em razão da prisão em flagrante de um homem de 44 anos, quando colocava fogo em vegetação ciliar (área protegida de preservação permanente – APP), de um córrego da cidade no dia (9).

O Infrator, residente em Rio Brilhante, foi surpreendido, no momento que que incendiava a área protegida e recebeu voz de prisão, sendo encaminhado à delegacia de Polícia Civil, onde foi autuado em flagrante por provocar incêndio em mata ou floresta, com pena prevista de dois a quatro anos de reclusão. O infrator foi encaminhado ao presídio local. A PMA foi até o estabelecimento penal e o autuou em R$ 5.000,00.

 

Veja Também

Com lances a partir de R$ 500, leilão de veículos e sucatas é anunciado pela SAD
Brasil exporta projeto de bancos de leite para parceiros do Brics
Mega-Sena acumula e próximo prêmio vai a R$ 13,5 milhões
Com Selic em queda, poupança pode passar a render menos que a inflação
Prefeitura removerá árvores invasoras para evitar desequilíbrio ambiental
Capital convocou mais de 1,3 mil aprovados em concurso da Educação
Morre ex-piloto de Stock Car vítima de queda de avião na Bahia
Domingo terá calor de 38°C em MS
Águas Guariroba premia planos de aulas voltados para o saneamento
IBGE realiza Pesquisa Nacional de Saúde em 53 municípios de MS