Menu
29 de março de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Foi por pouco

Gata é resgatada por bombeiros após quatro dias em árvore

Vídeo mostra o momento do resgate do animal que é atirado pelos bombeiros em um cobertor

15 Jan2020Ana Lívia Tavares16h30
(Foto: Divulgação)
  • Árvore fica na Av. Santa Luzia, no Bairro Carandá Bosque
  • (Foto: Divulgação)
  • (Foto: Divulgação)

Três militares do Corpo de Bombeiros tiveram que resgatar uma gata, na manhã desta quarta-feira (15), que estava na copa de uma árvore de mais de cinco metros, na Av. Santa Luzia, no Bairro Carandá Bosque, em Campo Grande (MS). Sem conseguir descer, o animal ficou quatro dias abrigado em um dos galhos, sem água ou comida.

Segundo uma moradora alguns vizinhos notaram que a gata permanecia na árvore após dias e acionaram o corpo de bombeiros. “Nós ligamos quase 22h ontem (14) e o bombeiro explicou que não teria como atender, mas se ela (gata) continuasse na árvore até o dia seguinte, eles viriam e foi o que aconteceu. Hoje cedo, eles vieram para resgatá-la”, explicou Karen Nery, médica veterinária, de 38 anos.

O resgate demorou cerca de 30 minutos e foi registrado por Karen. Apreensiva ela conta que acompanhou o trabalho dos militares. “Um dos bombeiros subiu na árvore usando a escada enquanto outros dois ficaram embaixo. Só que a gata estava muito assustada e subia cada vez mais alto”.

Os dois bombeiros que ficaram embaixo da árvore usaram um cobertor de Karen para segurar a gata que foi solta no alto da copa. “Nossa, deu muita aflição, mas os bombeiros foram super atenciosos e humanos. Que bom que deu tudo certo”.

Veja o vídeo: 

Segundo Karen, os moradores da região têm um grupo de WhatsApp onde compartilharam a história da gata, mas até agora ninguém se manifestou como dono do animal. “Ela está comigo, foi um presente que literalmente caiu do céu. Caso o dono apareça eu irei entregá-la, se isso não acontecer pretendo ficar com a gata”.

Como Karen é veterinária ela notou que a gatinha está bastante assustada, desidratada e perdeu as unhas.  Porém, ainda sim é bastante dócil.

Quem tiver informações sobre o (a) dono (a) da gata pode entrar em contato com o Diário Digital pelo telefone: (67) 3348-3947.

Corpo de Bombeiros – A orientação do Corpo de Bombeiros em casos como este de resgate a animais é para que a população ligue 193 e acione os militares. “Nosso lema é: Vidas alheias e riquezas a salvar, então não importa se é um animal doméstico ou silvestre, a equipe irá se empenhar para salvar aquele ser vivo”, explicou a major Cláudia Karoline Rodrigues Ribeiro, da assessoria de imprensa do CBMMS (Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul).

Ainda de acordo com a major, por telefone é feita uma triagem para verificar a situação em que o animal se encontra, se oferece risco e a necessidade de deslocamento da equipe até o local ou apenas orientação e encaminhamento.

 

 

 

Veja Também