Campo Grande •20 de Agosto de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner SEGOV - Mesmo na crise Obras

Da redação | Quarta, 19 de Abril de 2017 - 19h45Gastos com internações por diarreia caíram 77% em 12 anosNa Capital, onde o acesso a água tratada já chega a mais de 99% da população

(Foto: Divulgação)

Estudo do Instituto Trata Brasil revelou que a universalização do saneamento básico traria ao país benefícios econômicos e sociais de R$ 537,4 bilhões em 20 anos. De acordo com a pesquisa, seriam necessários investimentos de R$ 317 bilhões ao longo do período para que toda a população tenha acesso aos serviços de água e esgoto.

O atendimento de 100% da população com água tratada e com coleta e tratamento de esgoto reduziria substancialmente o número de internações na rede do Sistema Único de Saúde (SUS) por infecções gastrointestinais, diminuiria ainda mais o índice de mortalidade infantil e eliminaria graves problemas de saneamento básico que ainda afetam milhões de brasileiros.

Em Campo Grande a população já colhe os bons frutos do acesso ao saneamento básico adequado. Na Capital, onde o acesso a água tratada já chega a mais de 99% da população e mais de 80% dos imóveis contam com o serviço de coleta e tratamento de esgoto, o gasto com internações por diarreias caiu 77% em 12 anos. O valor, que era de R$ 48.336,37 em 2003 caiu para R$ 10.763,45 a cada 100 mil habitantes em 2015. Além disso, o número de óbitos em decorrência desse tipo de doença caiu 65%. O índice de crianças hospitalizadas na Rede Pública de Saúde com sintomas de diarreia também caiu em 23%.

Os indicadores de Campo Grande têm base em dados do IBGE (Censo, Contagem e estimativas da população), cruzados com informações do Departamento de Informática do Ministério da Saúde, o Datasus. A pesquisa mostra que em 2003 a taxa de internações na Rede Pública de Saúde por diarreias era mais de 157 a cada 100 mil habitantes. Em 2015, o índice passou para 13 pessoas na mesma faixa populacional. Uma redução de 91%.

O prazo de 20 anos estabelecido no estudo do Instituto Trata Brasil é baseado no Plano Nacional de Saneamento Básico (Plansab), que foi elaborado e lançado pelo governo federal em 2014 e que propõe metas de investimento para o setor para duas décadas. Por isso, o estudo considera o período de 2015 a 2035 para fazer o balanço da universalização. O Instituto Trata Brasil é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), formado por empresas com interesse nos avanços do saneamento básico e na proteção dos recursos hídricos do país.

Na capital de Mato Grosso do Sul, a Águas Guariroba, empresa da Aegea Saneamento, já tem uma meta para universalizar o serviço de esgoto coletado e tratado. Estão sendo investidos R$ 636 milhões para que até 2025 Campo Grande seja uma das primeiras capitais brasileiras com 100% da população atendida com a rede de coleta e tratamento de esgoto. Atualmente o serviço já está disponível para mais de 80% dos imóveis. A concessionária já investiu 1 bilhão nos sistemas de água e esgoto de 2006 até 2016.

Além dos benefícios decorrentes da universalização com a redução das despesas com saúde, o estudo nacional estima também os ganhos da produtividade do trabalho decorrentes da melhora das condições físicas e de habitação das pessoas, a valorização imobiliária e a renda propiciada pelos investimentos na expansão da rede de água e esgoto

 

Veja Também
Sábado, 19 de Agosto de 2017 - 16h38MEC prorroga prazo de inscrições Interessados têm até terça-feira para se inscreverem nos cursos técnicos
Sábado, 19 de Agosto de 2017 - 16h21Espanha mantém nível de alerta terrorista Com auxílio de outros países Espanha reforça segurança em zona turística
Fronteira prepara a Black Friday
Justiça Federal em MS passa a ter processo eletrônico
Justiça suspende novamente aumento de impostos sobre combustíveis
Mega-sena acumula e prêmio chega a R$ 26 milhões
CCZ abre as portas e foca em educar as crianças
Sanesul ampliará produção de água de poço em 100 mil litros por hora
TJ mantém suspenso decreto que regulamenta Uber na Capital
Lava Jato investiga empresas estrangeiras envolvidas em fraudes na Petrobras
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
Rec banner - Patio central
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento