Menu
26 de maio de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega banner ALMS - AUDIÊNCIA PÚBLICA
Direitos Humanos Vai à Escola

Funtrab disponibiliza serviços públicos em 4 escolas estaduais nesta semana

Serão realizados atendimentos em intermediação de empregos e palestras sobre empregabilidade. Os interessados devem levar RG, CPF e Carteira de Trabalho

3 Out2016Da redação09h36

A Fundação do Trabalho de Mato Grosso do Sul (Funtrab) disponibilizará serviços públicos nesta primeira semana de outubro, em conjunto com o Projeto “Direitos Humanos Vai à Escola”, executado pela Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho(Sedhast), em parceria com Secretaria Estadual de Educação (SED).

Serão realizados atendimentos em intermediação de empregos e palestras sobre empregabilidade. Os interessados devem levar RG, CPF e Carteira de Trabalho.

Verifique os locais, datas e horários:

 

04/10/2016 (terça-feira) – E.E. José Maria Hugo Rodrigues

10 horas e 15 horas             R. Hugo Pereira do Vale, 468 – Mata do Jacinto 

 

05/10/2016 (quarta-feira) – E.E. Arthur de Vasconcelos

10 horas                             Rua Dr. Jivago, 744 – Estrela do Sul

 

06/10/2016 (quinta-feira) – E.E. Amélio Baís

9 horas                              Av. Florestal, s/n - Coophatrabalho  

 

07/10/2016 (sexta-feira) – E.E. Dolor de Andrade

10 horas                           Av. Orlando Darós, 143 – Maria Aparecida Pedrossian            

O projeto

A missão dos “Direitos Humanos Vai à Escola” é de desenvolver em crianças, adolescentes e jovens, a consciência da realidade e de suas potencialidades através do aprimoramento ético e de cidadania, e criar oportunidades de atuação positiva na sociedade, priorizando a educação em direitos humanos, garantindo aos estudantes o acesso a informações e orientações, independentemente de gênero, idade, condição social, credo, raça ou religião. Na Capital, mais de 600 alunos dessas escolas participam do “Desafio DH”, que tem como objetivo estimular o exercício da cidadania por meio de atividades recreativas, neste segundo semestre de 2016.

Veja Também