Menu
21 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Tráfico de animais

Funcionário de fazenda é preso após capturar 13 filhotes de papagaio

Acusado confessou o crime e ainda disse que capturaria mais

16 Out2016Mariel Coelho, em colaboração ao Diário Digital08h20

Na sexta-feira, dia 14, um homem de 24 anos, foi preso pela polícia militar ambiental de Bataguassu, por tráfico de animais silvestres.

Durante fiscalização em uma fazenda no município de Brasilândia, localizada a 40 km da cidade, os policiais encontraram 13 filhotes de papagaios na residência do infrator. Ele confessou que capturava os animais para a venda e ainda capturaria mais. Os animais foram apreendidos.

O infrator foi conduzido, juntamente com os filhotes, à delegacia de Polícia Civil de Brasilândia, onde ele foi autuado por crime ambiental. A pena é de seis meses a um ano de detenção. O traficante foi multado em R$ 6.500,00. A PMA encaminhará os animais ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS), em Campo Grande.

Este é um período preocupante para a PMA com relação ao tráfico de animais silvestres, pois, de setembro a dezembro é o período de reprodução do papagaio que é a espécie mais traficada no Estado. Neste período, a PMA realiza trabalhos preventivos nas propriedades rurais, por meio de informação da legislação e Educação Ambiental, tendo em vista que o modo operante dos traficantes é de aliciamento dos sitiantes e funcionários de propriedades rurais, para que retirem os animais e os avisem para que os comprem. Muitas pessoas fazem isto, às vezes, sem saber que estão cometendo crime ambiental.

Veja Também

Agetran alerta para interdições em vias neste sábado e domingo
Idosa sofre com adiamentos de cirurgia
Trabalhador fica preso em ferragens após acidente em rodovia
Governo revitaliza asfalto de três rodovias estaduais
Justiça Federal torna Cabral réu pela 23ª vez na Lava Jato
Prefeitura convoca mais 70 médicos inscritos na cadastro temporário
Em MS Atenção motoristas: BR-163/MS passa por obras da CCR MSVia Em caso de chuvas, as obras serão suspensas
Drone e ferramentas artesanais fazem sucesso na 3ª edição da Tecnofam
UFMS Acadêmicos da UFMS fecham portões e esperam por reitor Estudantes querem que o curso de Licenciatura em Educação no campo continue na faculdade
Tribunais e cartórios de MS serão inspecionados