Menu
17 de junho de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Meio Ambiente

Fazendeiro é multado por degradar nascente e ampliar represa

Infrator desviava o curso normal de uma nascente, para o abastecimento da represa

15 Abr2019Da redação18h37

Uma equipe de Policiais Militares Ambientais de Dourados realizava fiscalização ontem (14) à tarde, nas propriedades rurais do município de Itaporã e autuou um proprietário rural por degradação de nascente (área protegida de preservação permanente – APP) e ampliação de uma represa em uma área de 2,8 hectares.

A PMA observou na propriedade que a ampliação da represa foi realizada com uso de máquinas, que já não estavam mais no local e degradou as matas ciliares do curso d’água. Além disso, o infrator desviava o curso normal de uma nascente, para o abastecimento da represa, por meio de um cano de PVC soterrado, causando danos à nascente. As atividades foram paralisadas.

O infrator (51) residente no Distrito de Montese (Itaporã) foi autuado administrativamente e multado em R$ 20.000,00. Ele também responderá por crime ambiental, com pena prevista de um a três anos de detenção. O autuado foi notificado a apresentar junto ao órgão ambiental um plano de recuperação da área degradada e alterada (PRADA).

Veja Também

Ação gratuita para saúde da CCR MSVia será nesta terça-feira
MPF e indígenas cobram segurança pública
Balneário de Três Lagoas tem entrada gratuita durante o mês de junho
Brasil recebe primeiros turistas com isenção de visto
Justiça libera plano de saúde de arcar com fertilização in vitro
Três Lagoas confirma sexta morte por gripe
Morador do Tarumã ganha carro no sorteio do IPTU
Confira escala médica das UPAs e CRSs nesta segunda-feira
Caravana pode ampliar cirurgias
Corpus Christi movimenta mais de 23 mil passageiros no Aeroporto