Menu
21 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Meio Ambiente

Fazendeiro é autuado por desmatamento de 80 hectares

Pecuarista responderá por crime ambiental além de pagar multa de R$ 80 mil

5 Nov2016Mariel Coelho, em colaboração ao Diário Digital13h35

A Polícia Militar Ambiental de Porto Murtinho autuaram neste sábado, dia 5, um pecuarista por desmatamento ilegal. A PMA localizou a infração em uma fazenda, localizada a aproximadamente 25 km da cidade.

O proprietário rural possuía uma licença ambiental para o desmatamento de 120 hectares na propriedade, porém, em medições realizadas com uso de GPS pelos Policiais, verificou-se que ele realizou a supressão de 200 hectares de vegetação, perfazendo um total de 80 hectares acima do que tinha permissão.

As atividades foram paralisadas. O proprietário da fazenda, residente em Ponta Porã, foi autuado administrativamente e multado em R$ 80.000,00 pelo desmatamento ilegal. O pecuarista também responderá por crime ambiental e, se condenado, poderá pegar pena de três a seis meses de detenção.

Veja Também

Terceira agência digital do País é inaugurada
Projeto proíbe exibição de animais silvestres em zoológicos, aquários e parques
Manutenção do Parque das Nações será feita com veículo elétrico
Prefeitura abre inscrições para desfile cívico de 26 de Agosto
Arraial do Banho de São João começa nesta quinta em Corumbá
Helicóptero da PM transporta peão a Santa Casa
Campo Grande receberá próxima etapa da Copa Truck
Após reportagem, indígenas de Dourados recebem cobertores
Governo divulga nota de pesar pela morte de ex-presidente da Agepen
Trânsito CCR MSVia prossegue com obras na BR-163/MS Em caso de chuvas, as obras serão suspensas