Menu
17 de julho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Super Banner Campo Grande Expo
Campo Grande

'Por nenhum Kauan a menos': família clama por justiça

Mobilização foi realizada em praça no Centro; corpo ainda não foi localizado

25 Jul2017Mariel Coelho, em especial para o Diário Digital.16h20

Familiares e amigos de Kauan Andrade Soares dos Santos, 9 anos, se reuniram na tarde desta terça-feira, dia 25, na Praça Ary Coelho, no Centro de Campo Grande, onde realizaram protesto pedindo justiça. O corpo da criança ainda não foi encontrado, e bombeiros realizam buscas no Rio Anhanduí. Uma homem está preso, e um adolescente apreendido pelo crime.

Com dizeres “Por nenhum Kauan a menos” em cartazes, a família e amigos de Kauan se reuniram para clamar que o caso não fique impune. O menino estava desaparecido desde 25 de junho, mas apenas na sexta-feira passada, 21 de julho, é que a possibilidade de crime veio à tona publicamente, quando policiais e bombeiros iniciaram as buscas pelo corpo da vítima no Rio Anhanduí.

O suspeito de ter abusado e matado kauan, teria jogado o corpo no Rio. As buscas começaram na sexta-feira (21) quando um adolescente de 14 anos que também está envolvido disse que ambos teriam colocado o corpo e um saco de lixo e desovado no rio. Mergulhadores do corpo de bombeiros estão realizando buscas com o auxilio de um bote salva vidas, mas até o momento não encontraram nada.

Veja Também