Menu
16 de dezembro de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Mega Banner Pátio Central - Natal
Mundo

EUA reconhecem Jerusalém como capital de Israel, confirma Trump

Medida promete gerar tensões no Oriente Médio e reduzir possibilidades de paz

6 Dez2017Agência Brasil18h50

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, confirmou nesta quarta-feira que seu país reconhecerá Jerusalém, a partir de agora, como capital de Israel, uma medida que promete gerar tensões no Oriente Médio e reduzir as possibilidades de um processo de paz entre israelenses e palestinos. As informações são da agência EFE.

"Determinei que é hora de reconhecer oficialmente Jerusalém como capital de Israel", disse Trump em um discurso na sala de recepções diplomáticas da Casa Branca. 

Donald Trump afirmou que sua decisão de reconhecer Jerusalém como capital de Israel não deve ser interpretada como uma falta de compromisso com o processo de paz entre israelenses e palestinos, e prometeu que fará "todo o possível" para ajudar as partes a consegui-lo.

"Os Estados Unidos apoiarão uma solução de dois Estados se as duas partes chegarem a um acordo", declarou Trump em discurso na sala de recepções diplomáticas da Casa Branca. 

Veja Também

MP afirma que João de Deus já é considerado foragido
Confira cinco pontos que são levados em consideração na vistoria veicular
Três Lagoas cria setor especial para pacientes com suspeita de dengue
Indígenas obtêm registro civil com ajuda da Carreta da Justiça
Confira a escala dos postos de saúde para este sábado
Casamento comunitário espalha vida em igreja
Governo adquire scanners corporais para revistas em presídios
Décimo terceiro para servidores municipais estará disponível neste sábado
Lançado edital para PPP do tapa buracos na Capital
Praça dos Imigrantes promove concurso de presépio e cantata natalina