Campo Grande •26 de Setembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner Governo -  MS Desenvolve

Agência Brasil | Sexta, 17 de Março de 2017 - 14h39Estudantes terão acesso ao espelho da redação do Enem até 10 de abrilCandidatos terão acesso à correção e saberão quanto tiraram em cada uma das competências avaliadas

(Foto: Reprodução/Agência Brasil)

Os mais de 6 milhões de candidatos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2016 deverão ter acesso ao espelho de correção da redação até o dia 10 de abril. A previsão foi divulgada hoje (17) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

No espelho, os candidatos terão acesso à correção e saberão quanto tiraram em cada uma das competências avaliadas. As provas recebem uma nota de 0 a 1.000. Desde o dia 18 de janeiro, os candidatos já têm acesso à nota na prova. Agora, para fins pedagógicos, terão acesso a mais detalhes da correção. Pelas regras do exame, não cabem recursos.

Os temas da redação do Enem no ano passado foram “Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil” - para quem fez o exame nos dias 5 e 6 de novembro -, e "Caminhos para combater o racismo no Brasil" - para quem fez a prova nos dias 3 e 4 de dezembro. Em 2016, devido à ocupação de escolas e universidades por grupos contrários a mudanças educacionais no Brasil, o Enem foi adiado para alguns participantes.

Segundo balanço divulgado pelo Ministério da Educação (MEC), apenas 77 pessoas tiveram nota 1.000. Na outra ponta, 291.806 candidatos tiraram nota 0 ou tiveram a redação anulada no ano passado.

Correção - As redações são avaliadas por dois corretores independentes, que atribuem nota de 0 a 200 pontos para cada uma das cinco competências que estruturam o exame. A nota total de cada corretor é a soma das cinco competências avaliadas. Os candidatos são avaliados, entre outras questões, quanto ao domínio da escrita formal, elaboração da proposta em respeito aos direitos humanos, elaboração de proposta de intervenção para o problema abordado e defesa do ponto de vista.

Caso haja uma divergência entre as notas dos corretores em mais de 100 pontos na nota total, ou uma diferença de mais de 80 pontos em qualquer uma das competências, é feita mais uma correção, a terceira. Caso a diferença persista, o texto é encaminhado a uma banca especial, formada por três novos membros, que atribuirá a nota final. Se não houver discrepância, a nota final do participante é a média das notas dos corretores.

Veja Também
Gaeco cumpre mandados em SP e Campo Grande
Com nova grade, Uems passa a ter curso de Engenharia Ambiental e Sanitária em 2018
Terça, 26 de Setembro de 2017 - 07h16Previsão de chuvas para a tarde Expectativa é que ocorram chuvas isoladas em Campo Grande
Univesidades promove conscientização sobre o suicídio nesta terça-feira
Prevenção e erradicação do trabalho infantil são tema de seminário
Ex-gerente da Petrobras é condenado a mais de 15 anos de prisão
Carreta da Justiça atende comarca de Paraíso das Águas de 2 a 5 de outubro
Como proteger as crianças de acidentes domésticos
Horário de verão começa no do dia 15 de outubro
Em Dourados, mais um acesso à BR-163 é reaberto
Square Noticias UCDB
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
DothShop
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento