Menu
26 de agosto de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Pesquisa

Estudantes gastam mais da metade do orçamento com estudos

22,5% dos universitários têm os estudos pagos pelos familiares

12 Ago2019Da redação10h30

Uma pesquisa realizada pela Companhia de Estágios, consultoria especializada em programas de estágio e trainee, mostra que 28% dos estudantes gastam mais da metade do orçamento com os estudos. Além disso, 29% afirmam que as mensalidades comprometem um terço da renda mensal.

O levantamento intitulado como “O perfil do candidato a vaga de estágio – 2019” mostra também que 22,5% dos alunos têm os estudos pagos pelos familiares, já 16% dos entrevistados estudam em universidade pública, enquanto 13% são contemplados com bolsa integral.  

Aprendizado X remuneração

Embora seja comum no mercado de trabalho profissionais buscarem por vagas que ofereçam um salário mais competitivo e uma boa cesta de benefícios, quando se trata de estágio, esse cenário muda um pouco. De acordo com o mesmo levantamento, 73% dos estagiários valorizam mais a oportunidade de aprendizado que a modalidade pode oferecer.

No entanto, para 31% a principal desvantagem é a remuneração. Segundo o diretor da Companhia de Estágios, Tiago Mavichian, na hora da busca por uma oportunidade, alguns jovens veem a remuneração como um empecilho, por ser, muitas vezes, abaixo dos custos mensais que eles possuem com a universidade. “O aprendizado deve sempre ser uma prioridade de nesta fase. Mas, certamente, a bolsa-auxilio também é avaliada, e para aqueles que arcam com as mensalidades da faculdade, fazer essa mudança nem sempre é fácil”, explica Mavichian.

Renda dos estagiários

O estudo também levantou informações de renda dos estudantes que já estagiam. A pesquisa mostra que apenas 9% possuem uma bolsa-auxílio acima de R$ 1.500,00. Mas, quando se trata de estagiários que recebem até um salário mínimo, há uma certa discrepância, já que 51% dos entrevistados ganham uma remuneração de até R$998,00 no estágio.

Para 16% dos entrevistados a bolsa auxilio é de até R$1.500,00, para 20% a renda mensal vai até R$1.200,00. Enquanto somente 4% não possuem uma remuneração, mas é importante lembrar que isso só pode ser aplicado em caso do estágio curricular obrigatório.

Boa remuneração e custos que cabem no bolso

Fazer a escolha de sair de um emprego que banca os custos da universidade e migrar para um estágio para finalmente entrar na área, não é nada fácil, especialmente, quando a vaga ocupada no momento oferece uma remuneração melhor que o estágio. “Nesta situação é comum o jovem ficar indeciso. Mas fazer o estágio é importante, não apenas pelo aprendizado em si, mas também para ter melhor visibilidade no mercado quando estiver formado e, consequentemente, ter mais competitividade no salário”, detalha Mavichian.

No entanto, muitas empresas investem bastante no estagiário, por acreditar que ele é um talento que agrega dentro da companhia. Sendo assim, elas costumam oferecer salários acima da média, além de uma boa cesta de benefícios. Porém, essas vantagens fazem com que os processos seletivos sejam mais acirrados. Dessa forma, a dica é mirar nessas companhias que oferecem essas atratividades e se emprenhar para conseguir a vaga. “Todo mundo espera por uma boa oportunidade de estágio. Iniciar a carreira em uma grande companhia que valoriza o estagiário é começar com o pé direito. Porém, é importante estar qualificado para atender os requisitos que eles pedem. Então, é necessário ficar de olho em quando elas abrem as vagas, e claro, ter o currículo que elas precisam”, finaliza o diretor da Companhia de Estágios.

 

Veja Também

Câmara aprova projeto que amplia posse de arma em propriedade rural
Brasil tem superlotação carcerária de 166% e 1,5 mil mortes em presídios
Brasil conclui testes de soro inédito para picadas múltiplas de abelha
Até 2030, acidentes de trânsito serão a sétima maior causa de morte
Aprovado projeto que exige de agressor ressarcimento ao SUS
Bebê recebe nome do fundador de Campo Grande
Projeto define a quem idoso deve comprovar idade para ter passagem gratuita
Projeto facilita atendimento a pessoas com deficiência em órgãos públicos
Expedição revela novas imagens de deterioração do Titanic
Moro autoriza envio da Força Nacional para combater desmatamento