Menu
19 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Em MS

Estudantes de Fisioterapia da Unigran participam de estágio no HU-UFGD

Convênio entre a universidade e o hospital contribui para a formação dos alunos e reforça o atendimento prestado aos pacientes

10 Fev2017Da redação12h08

Por meio de parceria firmada entre o Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados (HU-UFGD), a UFGD e a Unigran, cerca de 80 alunos do último ano do curso de Fisioterapia iniciaram nesta semana a prática de estágio na unidade de saúde. O objetivo é contribuir para a formação dos estudantes e, simultaneamente, reforçar o atendimento prestado aos usuários dos diversos serviços ofertados pelo hospital.

O estágio é realizado no período da tarde, das 13 às 17 horas, e noturno, das 18 às 22 horas, sendo dividido em duas grandes áreas: Hospitalar 1 (primeiro semestre do ano letivo), na qual os alunos participam de atendimentos fisioterápicos em especialidades como Cardiologia, Oncologia, Neurlogia, Pós-operatório e Saúde da Mulher, entre outras, e Hospitalar 2 (segundo semestre do ano letivo), pela qual os estagiários farão treinamentos nas Unidades de Terapia Intensiva (Adulta, Pediátrica e Neonatal) e de Cuidados Intermediários Neonatal.

A ideia é que todos os estudantes, por meio de rodízio feito ao longo do ano, atendam em todas as áreas, divididos em grupos de cinco a dez pessoas. Após a prática diária, totalmente supervisionada por dois fisioterapeutas professores da Unigran e orientada pelos profissionais dos setores, os alunos se reunirão com os preceptores e supervisores para discussão final dos casos. Uma vez ao mês, será aplicada prova e a cada 30 dias letivos, haverá seminário para que os alunos apresentem sua vivência.

Além da prática nas áreas citadas, o programa de estágio permitirá que os estudantes integrem diversos grupos de trabalho no HU-UFGD, participem de atividades junto ao Grupo de Mães e ao projeto de visitas à Maternidade e colaborem com as ações de saúde do trabalhador, executadas pela Saúde Operacional e Segurança do Trabalho (SOST) da instituição.

Responsável técnico pela equipe de Fisioterapia do HU-UFGD, o fisioterapeuta Giuliano Moreto Onaka, afirma que um convênio desse porte traz grandes benefícios às duas instituições. “Além de contribuir para a formação de novos profissionais, o HU se beneficiará com a ampliação do número de atendimentos fisioterapêuticos aos pacientes e, também, com projetos de pesquisa e extensão que venham a ser realizados dentro da instituição”, conclui o colaborador.

Veja Também

Internos concluem curso de Corte e Costura no interior
Governo Federal reconhece estado de emergência em 184 cidades
Ex-servidores do HU viram réus por desvio de dinheiro
Nova procuradora toma posse no MPT-MS
Mortos em acidente na BR são identificados
Falha em ônibus atingido por trem está sendo investigada
Projeto proíbe cobrança para religação de água e luz em caso de corte
TCU investigará se cobrança de bagagem barateou passagens aéreas
Ministério condena assédio de brasileiros a mulher na Rússia
Seminário discutirá correção monetária dos valores das modalidades licitatórias