Menu
20 de outubro de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner CCR-MS Via
Educação

Estudantes da Rede Estadual voltam às aulas nesta quinta-feira

São mais de 250 mil alunos, sendo 60 mil só nas 79 escolas da Capital

14 Fev2018Da redação18h39

Nesta quinta-feira (15.2), os estudantes da Rede Estadual de Ensino voltam às aulas. São mais de 250 mil crianças, jovens e adultos que buscam conhecimento, espaço do mercado de trabalho e troca de experiências com colegas e professores. Só em Campo Grande, são mais de 60 mil estudantes nas 79 escolas estaduais, matriculados nos ensinos fundamental e médio, educação profissional e educação de jovens e adultos (EJA).

Kristofer Rizzo, do 3º ano do ensino médio na EE Hércules Maynone, conta que está ansioso pelo início das aulas e que espera que os colegas estejam tão motivados quanto ele, e que enxerguem a escola como uma segunda casa. “Espero poder dar continuidade ao meu aprendizado, tendo meus professores como amigos. Aprender sempre é meu maior objetivo, e partindo disso alcanço o mais alto patamar, pois o maior tesouro que temos na vida é nosso aprendizado, que ninguém pode nos tirar”, explica o estudante.

A Secretaria de Estado de Educação (SED) está desde o ano passado se preparando para a volta às aulas, com formações continuadas e processos de compra e distribuição de uniformes, kits escolares e merenda. “Nosso foco é a aprendizagem, mas os kits escolares, uniformes, merenda e formação para nossos profissionais são importantes meios para atingirmos nosso objetivo. Mato Grosso do Sul já é referência no salário dos professores e queremos ser referência também na aprendizagem”, destaca a secretária da pasta, Maria Cecilia Amendola da Motta.

Kits escolares e uniformes - Para 2018, o Governo do Estado adquiriu 290 mil kits escolares, apropriados para cada etapa de ensino. Inicialmente cotados a R$ 12,6 milhões, os kits foram adquiridos a R$ 8,4 milhões – por meio de adesão de ata de registro de preço do FNDE/Ministério da Educação, com uma economia de R$ 4,2 milhões.

Além do kit, a SED entrega também o uniforme. Cada estudante novo recebe duas camisetas e os antigos uma. As 300 mil camisetas foram compradas em novembro de 2017, quando foi finalizado o processo licitatório. Segundo a Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização (SAD), cada uniforme foi comprado por R$ 7,45, o que mostra investimento de mais de R$ 2,2 milhões.

Estudantes da Rede Estadual de Ensino voltam às aulas nesta quinta-feira

       
 Alimentação escolar - Os valores repassados pela União/FNDE para a alimentação escolar terão este ano, pela primeira vez desde a sua implantação, a complementação do Governo do Estado para todas as modalidades de ensino. Serão liberados quase R$ 5 milhões a mais, que beneficiarão todos os estudantes da Rede Estadual de Ensino (REE). As escolas estão em processo de compras para que tenham tranquilidade e alimentação desde o primeiro dia de aula.

O reajuste será de R$ 0,09/estudante/dia, ou seja, de 25% para estudantes do ensino fundamental e médio, e de 28% para a Educação de Jovens e Adultos (EJA), público que representa 95,5% dos atendidos pelo programa. Os demais terão aumento médio de 8%. Esses percentuais referem-se à complementação per capita/refeição a ser aplicada. O orçamento do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) para 2018 é de R$ 28,7 milhões. Desse total, R$ 8,6 milhões têm como destino a compra de alimentos produzidos por agricultores familiares.

Para a secretária Maria Cecilia Amendola da Motta com a complementação é possível melhorar ainda mais a qualidade da alimentação, contribuindo para a aprendizagem e o rendimento escolar dos estudantes. “Esta é a primeira vez que o valor da merenda é complementado com recursos próprios em todas as modalidades. Até então, somente 4,5% da rede era contemplada”, informa a secretária.

O PNAE transfere recursos a estados e municípios, ao Distrito Federal e a escolas federais, com o objetivo de suprir as necessidades nutricionais dos estudantes de toda a educação básica (educação infantil, ensino fundamental, ensino médio e educação de jovens e adultos) matriculados em escolas públicas, filantrópicas e comunitárias conveniadas.

Veja Também

Anvisa aprova novos tratamentos contra o câncer
Estudo relaciona 12% das mortes por câncer de mama ao sedentarismo
MEC libera R$ 16,10 milhões para instituições federais em Mato Grosso do Sul
Mega-Sena pagará hoje prêmio de R$ 3 milhões
Capital terá chuvas e trovoadas isoladas
Alagamentos na Capital são debatidos em audiência convocada pelo MPE
Prefeitura inicia colocação de controladores de velocidade na Capital
Portaria altera prazo de validade para uso exclusivo de vagas
Idosos serão homenageados com Medalha Legislativa Melhor Idade
Lei cria fundo de combate à violência contra a Mulher