Menu
26 de agosto de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Miniempresa

Estudantes criam comedouros para animais de rua

Segundo estudantes de escola estadual da Capital, o Pracão traz comodidade ao animal

12 Ago2019Byanca Santos - Especial para o Diário Digital14h19
O empresário Rafael Flávio de 25 anos, é voluntário no programa e auxiliou dede a criação até a execução da ideia
  • O empresário Rafael Flávio de 25 anos, é voluntário no programa e auxiliou dede a criação até a execução da ideia
  • Jovens fizeram o Pracão, e segundo Lavínia diretora de marketing o produto traz comodidade ao animal
  • O presidente da miniempresa Davi Gomes conta que juntaram duas ideias e assim criaram o Pracão
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)

Os alunos da Escola Estadual João Carlos Flores, do 2º e 3º ano do Ensino Médio tem ampliado sua visão empreendedora nos últimos meses. Através do Programa Miniempresa, sete jovens criaram um comedouro para animais, em especial aqueles que vivem nas ruas.

A miniempresa Pet Food surgiu por meio do Programa Miniempresa, da Junior Achievement, onde jovens de 15 a 17 anos aprendem como gerir um negócio, obter lucro, montar fluxo de caixa, desenvolver ideias e criar bons produtos para comercializar.

Lavínia Moura da Fonseca diretora de marketing diz que no início a ideia era apenas o uso dentro das residências, mas pensando pelo lado humano, os jovens fizeram o Pracão que segundo Lavínia traz comodidade ao animal.

“Caso a pessoa não tenha nenhum cãozinho, ela pode adquirir nosso produto e colocar na frente da sua casa, ou em algum ponto da cidade. Temo alguns parceiros que disponibilizaram a frente do seu estabelecimento para o Pracão ser instalado”, disse a diretora.

Davi Gomes de 16 anos, é filho de empresário e o presidente da empresa Pet Food, afirma que em outros estados no país já existe algo voltado para os animais, mas ainda não existia nada no Estado, pois ações voltadas para os animais são escassas no Mato Grosso do Sul. “Antes de chegar ao final da ideia, nós realizamos uma pesquisa de campo. Criamos três produtos e colocamos nas ruas para poder ver se dava resultado”, disse Davi.

Davi conta que juntaram duas ideias e assim criaram o Pracão. “O recarregador de ração e água tem a maior comodidade para os clientes e já está disponível para a compra”, disse o presidente. O jovem ainda afirma que a experiência de empreender está sendo incrível em sua vida

O empresário Rafael Flávio de 25 anos, é voluntário no programa e auxiliou desde a criação até a execução da ideia. O empresário que também começou bem jovem no mundo empreendedor diz que é gratificante e importante ajudar os adolescentes que participam do programa. “O programa é voluntario para eles também. Eu acredito que nós podemos mudar o mundo e a oportunidade que eles estão tendo para isso é algo que me faz querer ajudar”, disse Rafael.

Com duração de 4 meses, o Programa Miniempresa tem dado o suporte para os alunos ampliar a visão empreendedora, desde pensar na ideia, criar o produto, capitalizar a empresa por meio de ações e fabricar o produto. Os alunos criam uma empresa, apenas não possuem o CNPJ.

A XVI Feira da Miniempresa tem disponível sete estandes com produtos para pets, pulseiras, repelente, batom e sabonete vegano, puff feito de lata de tinta, tudo feito pelos alunos.

Vinicius Galeano Gestor de Projeto da Junior Achievement já participou do Programa Miniempresa e diz que depois disso tudo mudou em sua vida. “Em 2012 eu fui mini empresário e desde então não desisti. O programa mudou tudo na minha vida”, finaliza o jovem.

Veja Também

Câmara aprova projeto que amplia posse de arma em propriedade rural
Brasil tem superlotação carcerária de 166% e 1,5 mil mortes em presídios
Brasil conclui testes de soro inédito para picadas múltiplas de abelha
Até 2030, acidentes de trânsito serão a sétima maior causa de morte
Aprovado projeto que exige de agressor ressarcimento ao SUS
Bebê recebe nome do fundador de Campo Grande
Projeto define a quem idoso deve comprovar idade para ter passagem gratuita
Projeto facilita atendimento a pessoas com deficiência em órgãos públicos
Expedição revela novas imagens de deterioração do Titanic
Moro autoriza envio da Força Nacional para combater desmatamento