Menu
7 de dezembro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Educação

Estudante que não fez a prova do Enade precisa justificar ausência

Justificativa deve ser oficializada de 2 de janeiro a 5 de fevereiro, pelo Sistema Enade

2 Dez2019Da redação13h59

Os estudantes inscritos no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) 2019 que não realizaram a prova no último domingo, 24 de novembro, precisam oficializar uma justificativa, de 2 de janeiro a 5 de fevereiro. Isso será indispensável para regularizar a situação junto ao exame e poder concluir o curso superior.

A realização da prova e o preenchimento do Questionário do Estudante são componentes curriculares obrigatórios para a obtenção do diploma da graduação. O exame é destinado a estudantes concluintes de cursos de graduação. Ingressantes também são inscritos, mas não fazem o teste.

Veja abaixo os critérios para solicitação de dispensa:

Ausência por motivo pessoal do estudante – A solicitação de dispensa tem que ser solicitada pelo estudante exclusivamente pelo Sistema Enade. Somente alunos que responderam ao questionário vão conseguir regularizar a situação com esse procedimento.

A dispensa será concedida em casos de:
acidentes;
assalto;
casamento;
extravio, perda, furto ou roubo de documento de identificação;
luto;
acompanhamento de cônjuge transferido(a) de município por seu empregador;
saúde;
maternidade;
paternidade;
atividade acadêmica;
concurso público ou processo seletivo de trabalho intercâmbio;
privação de liberdade;
trabalho.

Caso o coordenador do curso indefira o pedido, cabe recurso ao estudante junto ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), vinculado ao Ministério da Educação (MEC) e responsável pela aplicação do exame, sempre pelo Sistema Enade.

Ausência por iniciativa das instituições de ensino superior – A dispensa pode ocorrer por compromissos acadêmicos vinculados ao curso avaliado pelo Enade, como atividade curricular e intercâmbio acadêmico. Ainda pelo Sistema Enade, a instituição deve apresentar declaração ou documento que comprove a participação do estudante em atividade curricular. Também nesses casos o estudante terá garantida a regularidade apenas se tiver preenchido o questionário no período estipulado em edital.

Declaração de Responsabilidade da instituição de ensino superior – Há situações em que estudante habilitado não foi inscrito no edital ou não foi informado sobre a sua inscrição, além de outras situações que inviabilizem integralmente a participação do estudante, por ato ou omissão da instituição de ensino. A regularização do estudante ocorrerá mediante registro no Sistema Enade, por ação direta e exclusiva do coordenador de curso. Apenas nessa situação o estudante é dispensado da obrigatoriedade de responder ao questionário.

Enade 2019 – O Enade deste ano foi aplicado em 1.217 locais espalhados por 1.063 municípios de todo o país. Nesta edição, aproximadamente 9 mil cursos de 29 graduações ofertadas por 1.953 instituições de educação superior serão avaliados. O Questionário do Estudante foi respondido por 93,7% dos participantes.

Cursos – Na edição deste ano, o exame avalia os cursos de ciências agrárias, ciências da saúde e áreas afins; engenharias e arquitetura e urbanismo; e os cursos superiores de tecnologia nas áreas de ambiente e saúde, produção alimentícia, recursos naturais, militar e de segurança.

Veja Também

Nascidos em Setembro e Outubro podem sacar FGTS
Número de cadastro no ID Estudantil já ultrapassam 2.001.731
Participantes já podem conferir os resultados do Encceja 2019
Mãe procura filho que pode ter sido sequestrado por facção
Mais de mil cartas ainda aguardam por um ato de solidariedade
Em Corumbá, concurso de presépios distribui prêmios em dinheiro
Governo regulamenta pagamento por ações em prol do meio ambiente
Homens saem às ruas pelo fim da violência contra as mulheres
Prefeitura de Três Lagoas investiga a morte de professora
Confira escala médica nas UPAs e CRSs nesta sexta-feira