Menu
16 de julho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Super Banner Campo Grande Expo
Crime ambiental

PMA autua fazendeira devido a degradações

Erosões e voçorocas fora, encontradas em fazenda e aplicada multa R$ 10 mil

29 Jul2017Laureano Secundo07h02

Durante fiscalização nas propriedades rurais do município de Amambai, Policiais Militares Ambientais de Naviraí fiscalizaram ontem (28) uma fazenda no município de localizada a 25 km da cidade à margem da rodovia MS 485, e constataram a degradação ambiental devido a existência de voçorocas. As erosões eram extremamente profundas que atingiram o lençol freático, havendo carreamento de sedimentos para um curso d’água que corta a propriedade.

Os processos erosivos surgiram devido à remoção da vegetação sem ações de conservação do solo, que são obrigatórias pela legislação nas intervenções feitas para a produção em propriedades rurais.

A pecuarista (39), residente em Amambai, foi autuada administrativamente e multada em R$ 10.000,00. Ela também poderá responder por crime ambiental, com pena prevista de um a quatro anos de reclusão.

A PMA determinou a interdição da área,  para proteção e recuperação, com proibição de atividades agrícolas e pecuárias. A infratora também foi notificado a apresentar projeto de recuperação de área degradada e alterada (PRADA) junto ao órgão ambiental.

No dia anterior (27), a PMA já havia autuado outro proprietário rural em R$ 15.000,00 pelo mesmo motivo.

 

Veja Também