Menu
21 de setembro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Greve

Entrega de encomendas está em risco

Comando de greve aguarda resultado da negociação de uma acordo

12 Set2019Laureano Secundo12h15

O serviço de entrega de encomendas do Correios e Telégrafos  já começa a ficar comprometido em funç~]ao  da greve dos servidores que entrou n o seu segundo dia. Este seria  o setor cuja paralisação pode provocar maiores problemas para a população  pois a maioria de compras via internet é entregue através do transporte dos Correios.
Enmquanto os lideres do  Sindicato dos Trabalhadores nos Correios em Mato Grosso do Sul (Sintect-MS) disseram que em 34 municípios funcionários da empresa anunciaram adesão à paralisação. Os Correios possuem unidades em todos os 79 municípios sul-mato-grossenses. Já a superintendência estadual dos Correios aponta que somente 15% dos empregados aderiram ao movimento e que 85% dos colaboradores seguiram trabalhando normalmente.
A categoria pede reposição da inflação do período e é contra a privatização da estatal, que foi incluída no mês passado no programa de privatizações do governo Bolsonaro. Os trabalhadores querem também a reconsideração quanto a retirada de pais e mães do plano de saúde, melhores condições de trabalho e outros benefícios.

 

Veja Também